261-1

Vila Ruiva

Em Vila Ruiva, é imprescindível fazer uma visita ao Insectozoo, que se encontra mesmo ao pé da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Encarnação. Propriedade de João Pedro Cappas, este insectário vivo sob a forma de laboratório-museu acolhe, actualmente, várias colónias de insertos sociais, num total de vinte espécies de formigas, nove de abelhas e uma de vespas.

• Cappas construiu vários ambientes naturais, para que quem visite o museu possa observar a organização social destes fascinantes insectos e a forma como vivem o dia-a-dia: alimentação, rituais de morte e acasalamento, hierarquização social num mundo cheio de leis e segredos. Um dos formigueiros, que esteve 12 anos exposto na Fundação Calouste Gulbenkian (no Centro Artístico Infantil), exibe agora uma colónia com cerca de 2,5 milhões de formigas!

• As visitas são guiadas pelo proprietário do museu, que sabe como ninguém captar a nossa atenção, descrevendo todos os pormenores do que estamos a observar. Trata-se de um museu único no nosso país, que não deve deixar de visitar numa passagem por Vila Ruiva. As visitas devem ser previamente marcadas, à segunda-feira, pelo telefone 284 49 51 36. A visita é paga (cerca de 5 euros por adulto e 2,5 euros para estudantes até ao 9.° ano de escolaridade). A melhor altura para visitar o museu, por corresponder ao período de maior actividade dos insectos, é na Primavera e início do Verão.

Comentários

Comentários