belmonte-centum-cellas

Torre romana de Centum Cellas

Volte ao carro e, seguindo caminho, vire à esquerda após algumas dezenas de metros, na direcção de Gonçalo. Depois, chegando à estrada secundária 18, vire à direita, para Castelo Branco e Covilhã. Alguns quilómetros depois, volte à esquerda, quando vir a indicação Torre Romana de Centum Cellas.
Centum Cellas, que se avista, de repente, do lado direito da estrada, foi uma antiga villa romana do séc. I d.C, ligada à exploração agrícola e mineira. Trata-se de uma estação arqueológica, de aspecto comum, onde se ergue uma torre enorme, que se assemelha, estranhamente, a um monumento inca ou azteca. Repare como os blocos de granito se encaixam perfeitamente entre si. Ao contrário das restantes ruínas que a cercam, esta torre não tem um aspecto nada romano e a sua origem ainda é pouco clara, mesmo para os especialistas. Toda a estação está cercada por uma rede, mas a entrada é livre e faz-se através de portões, que deverá deixar fechados quando terminar a visita.

Comentários

Comentários