Artigos

IMG_4752

Santa Clara-a-Nova

Saia de Almodôvar pela EN 393, na direcção de Santa Clara-a-Nova. Passados cerca de 8 quilómetros, chegará ao desvio para esta povoação, uma das mais antigas da região. E são exactamente os testemunhos do passado que nela se destacam, graças ao interessante museu etnográfico e aos vestígios arqueológicos que se têm descoberto nas redondezas.

• Não é difícil chegar ao museu, embora se possa passar muito perto sem se dar por ele, por ficar numa casa térrea em tudo semelhante às demais. Lá dentro, encontrará várias salas, que contêm um espólio riquíssimo das actividades tradicionais da região. Aí se encontra um pouco de tudo: roupas, colchas, utensílios caseiros, talhas, balanças e diversas miniaturas, entre as quais uma quinta e uma oficina de funileiro, ambas muito pormenorizadas. Para além da reprodução de uma cozinha típica da região nos finais do séc. XIX, foram também recriados espaços tradicionais, como a barbearia, a taberna, a escola e a casa do povo. São também exibidas algumas peças arqueológicas recolhidas nas redondezas.

Local: Estrada Municipal, 25, Santa Clara-a-Nova.
Contacto: 286 47 42 19 (Junta de Freguesia de Santa Clara).
Horário: no Verão (Junho a Setembro), de quarta a domingo, das 09.00 h às 12.00 h e das 14.00 h às 18.00 h. No resto do ano (Outubro a Maio), das 09.00 h às 13.00 h e das 14.00 h às 17.00 h, durante a semana, e das 09.00 h às 12.00 h e das 14.00 h às 18.00 h, aos fins-de-semana e feriados. Encerra sempre à segunda e terça-feira.
Preço: entrada gratuita.

• Perto de Santa Clara, existem também algumas zonas onde foram descobertos vestígios de antigos povoados que, muito provavelmente, remontam à Idade do Ferro. No entanto, as escavações estão ainda a decorrer e há pouca informação disponível sobre o assunto. Ao visitar os lugares, algumas pessoas podem ficar decepcionadas. Se, mesmo assim, tiver curiosidade em visitar o Castelinho, saia do museu em direcção ao centro de Santa Clara e, depois, siga a indicação Estação Arqueológica. À saída da povoação, tome a estrada de terra batida, em estado razoável, onde surge uma seta para Almarjão. Siga sempre por essa estrada, até encontrar uma placa metálica onde se distinguem, com alguma dificuldade, as palavras Estação Arqueológica. A partir daí, o acesso é bastante mau, pelo que é preferível estacionar (a não ser que tenha um “todo-o-terreno”). Algumas centenas de metros depois, encontrará um pequeno monte, com um antigo castelo. Infelizmente, como dissemos, não há ainda qualquer painel explicativo que ajude a interpretar os vestígios.

guarda

Percurso na Guarda

Este percurso vai desde as faldas da Serra da Estrela até muito perto da zona de fronteira. Primeiro, sugerimos um passeio pelas ruas da cidade da Guarda, onde vale a pena passar algum tempo, apreciando os espaços verdes, as ruas pitorescas e alguns monumentos. Seguimos depois por montes e vales, parando aqui e ali, em recantos amenos, até chegarmos ao ponto mais oriental do percurso – a aldeia de Castelo Mendo, um autêntico museu vivo. E, já que falamos em passado, os apreciadores de vestígios arqueológicos também encontrarão alguns vestígios da passagem dos romanos por estas terras, que certamente despertarão o seu interesse.

parque aquatico fafe, parque aquatico de fafe, parque aquatico de fafe preços 2013, casa do penedo, burros, parque aquatico fafe preços, praias fluviais algarve, escapadelas baratas, parque aquatico fafe site oficial, casa do penedo fafe .