Artigos

foto00628

Regresso a Vila Nova de Foz Côa

Retomando o caminho para Vila Nova de Foz Côa, encontrará, pouco depois, a indicação, à esquerda, de Capela de São Gabriel. Seguindo por essa estrada, chegará a um morro de onde se desfruta uma óptima vista dos arredores e da aldeia de Castelo Melhor. Trata-se de um desvio de cerca de 500 metros.
Depois, empreenda finalmente o regresso a Foz Côa, continuando pela EN 222 e percorrendo a paisagem serrana, onde se avistam, aqui e ali, casas de xisto nos morros perdidos na imensidão de montes e vales. Aproveite alguns miradouros para apreciar bem a paisagem, sobretudo quando entrar no Vale do Douro, com as encostas escadeadas em socalcos ornamentados de vinhas. No Outono, os vales revestem-se de tons avermelhados, graças às folhas das videiras, que terminam mais um ciclo vegetativo.

guarda

Percurso na Guarda

Este percurso vai desde as faldas da Serra da Estrela até muito perto da zona de fronteira. Primeiro, sugerimos um passeio pelas ruas da cidade da Guarda, onde vale a pena passar algum tempo, apreciando os espaços verdes, as ruas pitorescas e alguns monumentos. Seguimos depois por montes e vales, parando aqui e ali, em recantos amenos, até chegarmos ao ponto mais oriental do percurso – a aldeia de Castelo Mendo, um autêntico museu vivo. E, já que falamos em passado, os apreciadores de vestígios arqueológicos também encontrarão alguns vestígios da passagem dos romanos por estas terras, que certamente despertarão o seu interesse.

fisgasermelo2

Fisgas de Ermelo

Chegando a Anta, vale a pena fazer um desvio de cerca de uma dezena de quilómetros para ver as Fisgas de Ermelo. Siga por Pioledo, sem deixar de prestar atenção à traça das casas e a um espigueiro com telhados de xisto que aí se encontra. Depois, vire à esquerda, na direcção de Ermelo e Fisgas.

• A estrada insere-se numa belíssima paisagem de montanha, com vales recortados por extensas “escadarias” de lameiros (prados húmidos) quase simétricos. Ao longe, repare num templo sobre uma montanha – o Monte da Senhora da Graça – por onde passará mais tarde, ainda neste percurso. Depois de uma antiga Casa da Guarda, encontrará, à esquerda, uma seta de pedra maciça que indica Fisgas. No final, chegará a um logradouro onde poderá estacionar o carro, junto de um painel interpretativo com indicações sobre o panorama que terá oportunidade de observar.

• A algumas dezenas de metros, o Rio Olo precipita-se por uma escarpa altíssima, formando uma queda d’água de volume considerável que depois se estreita numa garganta que vai ziguezagueando pelo vale.

• Poderá desfrutar de um panorama ainda mais favorável se for até à borda da falésia que se encontra em frente ao painel interpretativo. No entanto, tenha muito cuidado se estiver acompanhado de crianças! Qualquer acidente pode ser fatal… Do mesmo modo, quando se está de frente para o referido painel, à esquerda fica um caminho de cabras que dá acesso a outra perspectiva bastante interessante da queda d’água. O trajecto de ida e volta faz-se em cerca de 10 minutos, mas a sua dificuldade também o torna desaconselhável para crianças.

DSCF2265

Vilarinho Seco

Regressando à estrada principal, continue sempre em frente, voltando a virar à direita num cruzamento onde está indicado Alturas do Barroso e Vilarinho Seco.

• Aqui, a estrada começa a subir e a paisagem altera-se completamente, dando lugar a um fantástico panorama serrano de terreno pedregoso, dominado por grandes penedos arredondados, alguns deles em equilíbrio aparentemente periclitante. Infelizmente, a beleza da paisagem não parece ter impressionado toda a gente, já que houve quem resolvesse extrair pedra a partir desses penedos. Disso encontrará vários exemplos…

• Mais uma vez, se as aldeias aparentemente paradas no tempo o fascinam, não deixe de fazer uma visita demorada a Vilarinho Seco. Repare na cobertura de colmo de algumas casas e, se tiver oportunidade, visite a Capela de Sampaio. Lá dentro encontrará painéis de madeira que representam São Sebastião, Santo António, São Miguel e São Caetano.

• A Adega Regional O Palheiro também pode ser um bom local de “peregrinação” para os que quiserem saber qual o destino das vinhas que, aqui e ali, se vêem encaixadas nas encostas ou estendidas pelos vales.

parque aquatico fafe, parque aquatico de fafe, parque aquatico de fafe preços 2013, casa do penedo, burros, parque aquatico fafe preços, praias fluviais algarve, escapadelas baratas, parque aquatico fafe site oficial, parque terra nostra .