Artigos

54552479

A Rocha

Passe a Mexilhoeira Grande, visitando, eventualmente a Igreja Matriz, do século XVI e de estilo Renascença, mas com duas portas laterais manuelinas. Depois, continuando para sul, na direcção de Alvor, irá desembocar na EN 125. Atravesse com cuidado esta via e siga por uma estradinha que continua a via por onde veio, do outro lado da Escada Nacional. Ao fim de um quilómetro e trezentos metros, vire à direita e irá encontrar A Rocha, um observatório de aves do barlavento algarvio. Estão abertos ao público às um telefonema antes de aparecer.

• A Rocha é uma associação cristã internacional sem fins lucrativos, fundada por ingleses em 1986, que tem como principais objectivos promover o interesse activo pela conservação da natureza, proporcionando instalações para os visitantes interessados em estudar os ecossistemas do barlavento algarvio, sobretudo no que concerne à avifauna.

• A sede da associação está inserida num terreno com uma área de um hectare, onde existem pequenas lagoas e vegetação típica da região. Possui óptimas áreas para a observação de aves nas imediações e existem vários percursos pedestres já definidos para o efeito. Podem hospedar até 12 pessoas, mediante marcação prévia.

Local: Mexilhoeira Grande, Cruzinha.
Contacto: 282 96 83 80.
Preço: gratuito.

DSC04198

Percurso pedestre da Serra Devassa

Quase em frente ao portão de entrada para a Lagoa do Canário, do lado oposto da estrada, começa um trilho que permite visitar a pé todas as lagoas por onde acabou de passar de carro e alguns outros locais acessíveis apenas através deste passeio pedestre. Ao longo de cerca de 6 quilómetros, passará pela Lagoa do Canário, Pico das Éguas, Lagoa Rasa, Lagoas do Caldeirão Grande e do Carvão, as duas Lagoas Empadadas e a Lagoa do Pau Pique. Poderá estacionar junto a um largo à beira da estrada. Durante todo o trajecto dispõe de boas indicações e informações diversas afixadas em painéis. O percurso faz-se bem em duas horas, mesmo com crianças, e termina no local onde se inicia. O terreno é pouco acidentado e muito seguro, mesmo para crianças irrequietas.

• Pegue de novo no carro e siga na direcção de Vista do Rei, ignorando, por agora, o cruzamento à direita, indicando Sete Cidades. Chegará, dentro em pouco, a um logradouro com vários parques de estacionamento. Está no Miradouro da Vista do Rei, cujo panorama das lagoas já deve ter visto, em “diferido”, em inúmeros folhetos turísticos. Estacione e aprecie ao vivo a paisagem deslumbrante da Lagoa das Sete Cidades.

• A partir daqui, poderá dar início a uma caminhada em volta da cratera que abriga as lagoas e apreciar uma das mais belas paisagens naturais da ilha. É um percurso relativamente extenso, que leva cerca de três horas a fazer-se na sua totalidade, com um grau de dificuldade médio. Siga o caminho em terra batida com a indicação Cumeeiras e encontrará depois um trilho que acompanha de perto o bordo da cratera. É possível encurtar caminho descendo até às lagoas e subindo pela encosta oposta. No entanto, se o fizer, perderá grande parte da beleza do percurso, uma vez que os melhores panoramas se desfrutam justamente na segunda metade do caminho, nos locais opostos à Vista do Rei. É difícil enganar-se no percurso, já que existem sempre bons pontos de referência à vista. No final, irá ter de novo ao logradouro onde deixou o seu carro estacionado.

2009-05-27_16-16-24_0252_resize

Moinho de Cubo

Regressando ao centro da vila, tome agora a direcção de Murça e Mós. Também existe indicação de Via Romana e Moinho.

• Logo à saída da vila, vai encontrar indicação de Ruínas, Via Romana e Moinho, à direita. Estacione o carro à beira da estrada e desça pelo caminho indicado. Depressa vai chegar a uma calçada, constituída por grandes lajes, que hoje lhe poderá parecer grosseira, mas que no tempo dos romanos era um verdadeiro IP5. Esta calçada romana apresenta troços em muito bom estado de conservação.

• Aproveite para ver o Banco do Rei, assinalado à esquerda, que não é mais do que uma rocha com a configuração de um confortável assento, e que terá porventura especial interesse quando aqui chegar cansado no fim da caminhada.

• Quando a calçada começa a desaparecer, encontrará a indicação Moinho de Cubo. Siga pelo caminho que atravessa a ribeira (depois de uma ponte de lajes de pedra) e, seguindo sempre o trilho pisado e a indicação das tabuletas, acabará por encontrar um monumento que constitui uma notável obra de engenharia executada pelos romanos. A água da ribeira foi desviada, num pequeno açude, através de uma levada. Esta é constituída por uma calha talhada em lajes dispostas no solo, que acompanham a curva de nível do terreno, para a água correr. Esta precipita-se depois para uma casa, através de um tubo redondo talhado em pedras sobrepostas, fazendo mover uma mó. De seguida, desaparece no chão e é reencaminhada, através do subsolo, até à ribeira.

• Um pouco acima, não deixe de dar uma vista de olhos a um pombal, igual a muitos outros que já deve ter visto pelos montes, semelhantes a pequenos moinhos sem velas. Estas construções são testemunhos de outros tempos, em que os pombos eram regularmente utilizados na alimentação e serviam de base à prática da falcoaria. Lá dentro encontrará nichos sucessivos, onde as aves nidificavam em segurança.

• O percurso tem uma extensão total de cerca de 3 quilómetros e faz-se bem em cerca de 2 horas. Considere a possibilidade de fazer um pequeno piquenique num dos muitos recantos paradisíacos que encontrará. E, se quiser, pode alargar o passeio, visitando outros pontos de interesse nas redondezas.

index.2

Lamoso

Siga agora a indicação de Lamoso e Bemposta. Em Lamoso, além de passear um pouco pela parte velha da aldeia, poderá visitar um bonito recanto natural situado nas redondezas. Para isso, vá até à parte baixa da aldeia e, junto à casa da electricidade, vire à esquerda. Se não tiver um veículo todo-o-terreno, é melhor estacionar aí.

parque aquatico fafe, parque aquatico de fafe, parque aquatico de fafe preços 2013, casa do penedo, burros, parque aquatico fafe preços, praias fluviais algarve, escapadelas baratas, parque aquatico fafe site oficial, parque terra nostra .