Artigos

26375253

Torre das Cabaças

Também chamada Torre do Relógio, foi construída no século XIV e esteve, até há bem pouco tempo, num estado de ruína considerável, tendo sido colocada a hipótese da sua demolição devido ao risco que constituía para os transeuntes. Felizmente, acabou por ser recuperada, funcionando, actualmente, como Museu do Tempo. Como o nome indica, aqui poderá apreciar uma curiosa exposição ligada às várias vertentes do tempo, desde os aspectos mais filosóficos até aos da sua medição. No entanto, para visitar este espaço, terá de se dirigir primeiro ao museu de arqueologia.

Local: Largo Zeferino Sarmento.
Contacto: 243 30 44 00.
Horário: terça, quarta, sábado e domingo, das 09.30 h às 12.30 h e das 14.00 h às 17.30 h; quinta e sexta, das 10.00 h às 12.30 h e das 14.00 h às 17.30 h. Encerra à segunda.

Igreja-de-Nª-Srª-dEntre-Águas-Benavila

Museu da Fundação Arquivo Paes Teles

A caminho de Avis, poderá fazer uma pausa em Ervedal, para visitar o modesto Museu da Fundação Arquivo Paes Teles, dedicado à vida e obra do escritor Mário de Saa. Trata-se, na verdade, de um pequeno espaço museológico, instalado na casa onde viveu o escritor, que expõe vários artefactos de diversas épocas, recolhidos em anos de explorações arqueológicas levadas a cabo pelo próprio escritor. O espólio de Mário de Saa está a ser organizado, estando prevista a inauguração de uma casa-museu que, para além de objectos que pertenciam ao autor, contará ainda com uma biblioteca do séc. XIX que lhe havia sido doada.

Local: Rua Dr. Ermídio Mendes, Ervedal.
Contacto: 242 46 51 62.
Horário: de segunda a sexta, das 10.00 h às 12.30 h e das 14.00 h às 17.30 h.
Preço: gratuito.

• Ao longe, Avis apresenta desde logo um aspecto estranho, quase irreal – parece ter sido alvo de um bombardeamento. Mas, de facto, o estado de ruína do Convento de São Bento (séc. XIII), sede da Ordem de Avis, que se consegue avistar à distância, resultou apenas do abandono.

0ce80ea4-76a0-4aea-9c17-c157f1791667

Messejana

Ainda dentro do tema da arquitectura alentejana, poderá visitar, a cerca de 12 quilómetros de Aljustrel, a simpática vila de Messejana. Ao chegar, deparará com uma série de casinhas brancas, quase todas debruadas a azul, alternando aqui e ali com casas de passado nobre. Subindo à Igreja Matriz, que infelizmente se encontra num estado de ruína evidente, conseguirá observar a paisagem que se estende em todas as direcções.

Mas o elemento mais curioso da freguesia situa-se fora da vila, no alto de um monte que se avista da Igreja Matriz – a Igreja de Nossa Senhora da Assunção. Mandada construir por emigrantes regressados do Brasil, como forma de agradecimento pelo sucesso económico alcançado, o edifício assemelha-se mais às construções da Baía e de Ouro Preto do que propriamente aos outros templos que se encontram pelo Alentejo fora. Infelizmente, este é mais um exemplo do abandono a que os monumentos do nosso país estão, por vezes, votados. Para piorar a situação, a via que dá acesso à igreja também não se encontra nas melhores condições, bem pelo contrário. Por isso, se não tiver um veículo todo-o-terreno ou se simplesmente não tiver um interesse particular por arquitectura religiosa, o melhor é esquecer esta visita.

SONY DSC

Castelo Branco

Inicie agora o passeio de automóvel pela região a oeste da Horta, em direcção ao aeroporto. Para ter uma ideia da violência do último terramoto, ocorrido em finais dos anos 90, repare nas fachadas de algumas casas, em avançado estado de ruína ou ostentando profundas brechas. Pouco depois de passar pelo aeroporto, entrará em Castelo Branco, onde existe um império, com um portal de azulejos azulados.

pousada de estremoz home 04

Estremoz

No caminho para Estremoz, encontrará ainda, do lado direito da estrada, uma pequena albufeira, junto de uns campos de cultivo. Apesar de a manutenção não ser a mais desejável (há zonas com algum lixo e edificações em ruínas), não deixa de ser um local agradável para um passeio de fim de tarde, pelo caminho que contorna a referida albufeira. Depois, regresse finalmente a Estremoz. Como sabe, a gastronomia da zona é famosa, pelo que considere seriamente a possibilidade de terminar o percurso com um ensopado de borrego ou um lombo de porco, por exemplo, eventualmente acompanhados por um tinto da região. Para acabar em beleza, experimente um bolo rançoso ou uma encharcada.

parque aquatico fafe, parque aquatico de fafe, parque aquatico de fafe preços 2013, casa do penedo, burros, parque aquatico fafe preços, praias fluviais algarve, escapadelas baratas, parque aquatico fafe site oficial, parque terra nostra .