Artigos

dsc_5567

Portinho da Arrábida

Continue o caminho em direcção ao Portinho da Arrábida. Pouco depois, passará por uma estrutura industrial, de aspecto sinistro, completamente coberta por um pó cinzento – trata-se “apenas” de uma cimenteira, que, infelizmente, continua a fumegar no coração de um dos nossos melhores parques naturais. Ainda bem que, alguns quilómetros depois, esta má recordação acaba por se desvanecer, à vista da excelente Praia da Figueirinha. A praia de areia fina é banhada por um mar de água cristalina, onde apetece passar o dia inteiro a nadar. Durante a maré baixa, é costume formar-se uma língua de areia, que delimita uma enorme poça de água muito apreciada pelas crianças.

• Seguindo caminho, passará por um elegante túnel que atravessa a falésia rochosa, dando acesso a uma estrada lindíssima que acompanha, de perto, a costa. Do lado oposto, eleva-se a Serra da Arrábida, coberta pelo matagal típico das regiões mediterrânicas. Nesta altura, se tiver a janela do carro aberta, poderá deleitar-se com uma agradável mistura de aromas, onde normalmente sobressaem o rosmaninho e a esteva. Depois, vire à esquerda no cruzamento onde aparecem as indicações Portinho da Arrábida e Museu Oceanográfico. Irá ter à baía do Portinho da Arrábida, graças a uma estrada estreita que, nalguns locais, não permite o cruzamento de dois automóveis – por isso, convém sinalizar a sua presença buzinando algumas vezes, nomeadamente junto à fortaleza, de forma a evitar manobras complicadas. Chegando à baía, estacione no parque, que é pago. Existe outro parque no lado oposto da baía, mas, deste lado, a paisagem é bem mais agradável.

• Atente bem na curva pronunciada da linha costeira, na praia de areia branca e no ilhéu da Pedra da Anicha, a rematar o conjunto. Trata-se de um local com uma beleza única no nosso país. Experimente dar um passeio, à beira-mar, até à zona de areal em frente ao ilhéu. Aí, forma-se uma rampa natural de areia, quase irresistível para os especialistas em rebolar pela encosta abaixo – as crianças. As águas, geralmente cristalinas e pouco agitadas, também são relativamente seguras para os mais novos.
Se preferir ficar apenas a apreciar a paisagem, há excelentes esplanadas, semelhantes a varandins sobre o mar, pertencentes aos restaurantes que aí se encontram. Durante a maré cheia, bandos de gaivotas vêm até muito perto dessas esplanadas, com a esperança de conseguirem algum alimento.

5934904598_c8460155fc

Museu dos Rios e das Artes Marítimas

Perto da referida capela, junto a uma passagem aérea sobre a rua principal, está instalado o Museu dos Rios e das Artes Marítimas, um espaço que reflecte a importância dos recursos fluviais para a economia e vida social de Constância, ao longo da história. O núcleo museológico aborda temas como a construção naval, as artes da pesca, o transporte fluvial e as festas relacionadas com os rios, com o objectivo de preservar o património histórico e cultural da vila. No exterior, existe um pequeno jardim, com alguns equipamentos destinados aos mais novos, e um miradouro de onde se pode apreciar a paisagem em redor.

Local: Rua Ramiro Guedes, n.° 6.
Contacto: 249 73 96 47.
Horário: terça a sexta, das 09.30 h às 12.30 h e das 14.00 h às 17.30 h. Sábado, domingo e feriados, das 14.30 h às 17.30 h. Encerra à segunda.
Preço: gratuito.

• Desça depois até à zona ribeirinha e aproveite para se recompor da caminhada. Nessa área, existem vários refúgios aprazíveis, onde apetece parar. Poderá tomar uma refeição ligeira no parque de merendas, desfrutar da praia fluvial junto ao Zêzere, beber um refresco na esplanada do bar ou mesmo jogar ténis no court, perto da ponte para o Entroncamento. Perto do monumento a Camões, visite o Horto Camoniano, dedicado a este poeta, que aqui viveu durante algum tempo. Neste bonito espaço, criado pelo arquitecto Gonçalo Ribeiro Telles, coabitam harmoniosamente várias espécies de plantas referidas n’Os Lusíadas e na Lírica, entre outras atracções e curiosidades, como a representação do Universo segundo Ptolomeu ou um recinto dedicado aos jogos tradicionais da época de Camões.

• Não deixe Constância sem adquirir uma das tradicionais bonecas de trapo e cana, as chamadas monas, que durante muito tempo ajudaram a equilibrar o orçamento das casas mais modestas.

tumblr_llgmjjeA3d1qdof9lo1_1280

Ilha das Berlengas

A Reserva Natural da Berlenga é um local único devido à transparência das suas águas e espólio sub-aquático.

Em suma, a dita Ilha das Berlengas é uma reserva marinha e está classificada como “Reserva da Biosfera” pelo Conselho da Europa. O arquipélago é constituído por uma ilha, Berlenga Grande e por alguns ilhéus graníticos e rochedos (Estelas e Farilhões) e fica a 7 milhas do Cabo Carvoeiro a noroeste de Peniche.

A Berlenga Grande avista-se do território continental quando não há neblina. Podemos encontrar aqui espécies endémicas de flora, além de ser local de eleição para a nidificação de aves marinhas.

Na Berlenga sobre o ilhéu, ergue-se o Forte de São João Baptista, fortaleza militar manuelina, datada de 1502 e ligada à ilha por uma pequena ponte.

 As pequenas praias de águas transparentes são muito bonitas e ideais para uns bons mergulhos.

O acesso à ilha é feito por barco, que se pode apanhar no porto de Peniche. Demora cerca de 30 minutos a chegar à Berlenga Grande. Poderá regressar ao final da tarde ou pernoitar na fortaleza, existindo também um restaurante na ilha.

São várias as empresas que realizam a travessia de barco entre Peniche e a ilha da Berlengas, com diferentes horários e programas.

A Viamar é uma delas e propõe os seguintes programas: ida e volta no mesmo dia (adultos, 18 euros; crianças de 5 a 12 anos, 10 euros; até 5 anos, grátis) e só ida ou só volta (adultos, 11 euros; crianças de 5 a 12 anos, seis euros).

acf95fca-cb9a-495a-993a-2bd1ac7f0a0a

Praia Azul

Mais tarde, volte à esquerda, quando vir a indicação Praia Azul. Trata-se de um areal muito amplo, onde, na parte sul, vem desaguar um rio, formando uma laguna. Junto à praia, existe um bar com uma boa esplanada, colocada num local estratégico. Sobre as dunas, cresce muita vegetação, adaptada a este meio tão rude.

SONY DSC

Praia

Saia de Carapacho tomando a direcção de Santa Cruz e Praia. Pouco depois, passará por um farol junto de um antigo posto de vigia da baleia. Nos tempos em que se caçavam baleias nos Açores, homens experientes sentavam-se horas a fio dentro destas vigias, perscrutando o horizonte com potentes binóculos. Quando avistavam uma presa, largavam alguns foguetes que, além de alertarem para a sua presença, também davam informações sobre a zona da costa em que se encontrava. Muitos postos de vigia foram recuperados e alguns vigilantes, agora já idosos, mas ainda com “olho de águia”, continuam em funções, contribuindo para o florescente negócio do Whale Watching, ou seja, a observação de baleias.

• Chegado a Praia, encontrará o melhor areal da ilha numa baía abrigada e com todas as infra-estruturas balneares. Ao lado, existe um porto, onde poderá testar a sua habilidade na arte da pesca, com a vantagem de a água cristalina lhe proporcionar uma boa visão do desenrolar dos acontecimentos.

• Mesmo em frente à vila, avista-se o Ilhéu da Praia, habitado por uma colónia de garajaus (andorinhas-do-mar), que aí nidifica. Por essa razão, o espaço foi classificado como área protegida, sendo o acesso de pessoas devidamente controlado.

Nota: Quando tomar banho nas costas açorianas, evite o contacto com pequenas medusas (alforrecas) de coloração rosada, chamadas águas-vivas. Ao contrário das grandes alforrecas, praticamente inofensivas, que aparecem no continente, esta espécie pode provocar queimaduras dolorosas. Mais perigosas são as chamadas fisálias ou caravelas-portuguesas, que têm um flutuador à superfície que, de longe, parece uma garrafa de plástico vazia. Sob a água, estendem-se longos tentáculos transparentes, que podem provocar queimaduras graves ou mesmo síncopes, em casos mais graves.

parque aquatico fafe, parque aquatico de fafe, parque aquatico de fafe preços 2013, casa do penedo, burros, parque aquatico fafe preços, praias fluviais algarve, escapadelas baratas, parque aquatico fafe site oficial, casa do penedo fafe .