Artigos

pousada do crato home 11

Crato

Saia de Portalegre em direcção ao Crato, seguido a indicação Ponte de Sôr. Ao chegar, estacione perto do Largo Dr. Belo Morais, que fica perto da entrada da vila, e explore as ruelas a pé. O que mais se destaca é a brancura das casas caiadas, debruadas a amarelo, e o silêncio das ruas, apenas interrompido ocasionalmente pelo piar das aves ou pelas conversas das idosas, sentadas à porta de casa.

• Para além dos edifícios tipicamente alentejanos, não deixe de admirar as fachadas de alguns palácios, que atestam o passado nobre da vila. Poderá encontrá-los, por exemplo, na Praça do Município, na Rua José da Gama ou na Rua do Arco.

• Uma das mais conhecidas construções da vila é a chamada Varanda do Grão-Prior e respectiva janela, que se encontra na Praça do Município. A varanda, suportada por três arcos, fazia parte do palácio do Grão-Prior, mandado construir pelo infante D. Luís no séc. XVI, e que foi destruído, provavelmente, durante a Restauração.

Sé_Catedral_de_Portalegre

Sé de Portalegre

Dirija-se de carro à parte mais antiga da cidade e estacione na Praça da República. Entre pela Porta de Alegrete e siga sempre em frente até à Sé, na Praça do Município. A Sé Catedral, que começou a ser construída em 1556 no local onde se situava a Igreja de Santa Maria do Castelo, é, de facto, o monumento mais importante da cidade. No seu interior, admire os retábulos do séc. XVI e XVII, que constituem o maior conjunto de pinturas maneiristas do país, para além de muitas outras obras de arte e das próprias características arquitectónicas do edifício. A sua fachada barroca terá resultado das alterações realizadas no séc. XVIII.

Sé_Catedral_de_Portalegre

Portalegre

Volte à estrada principal, de novo no sentido de Portalegre. Se quiser descansar um pouco, recomendamos mais um pequeno desvio, desta vez até à Barragem da Apartadura. Para tal, basta seguir as placas indicativas. Pare o carro ao chegar à barragem, ou então atravesse-a e estacione do outro lado. Em ambas as margens existem espaços para banhos. Embora a zona não esteja propriamente preparada com estruturas de apoio, não deixa de ser um bom local para se refrescar num dia mais quente. Poderá também praticar alguns desportos náuticos não motorizados. Deve ter algum cuidado com as crianças, pois a profundidade aumenta rapidamente. Além disso, aconselhamos sandálias de plástico, pois as pedras irregulares que cobrem o solo podem magoar os pés. Depois do banho, volte à estrada principal em direcção a Portalegre.

• No centro da cidade, no Jardim do Tarro, não deixe de admirar o gigantesco plátano que aí se encontra e que está classificado como árvore de interesse público. Foi plantado em 1848 e as suas medidas surpreendem – 46 metros de diâmetro da copa, 30 metros de altura e 5,6 metros de diâmetro do tronco. Os seus ramos são tão extensos e pesados que têm de ser suportados por vigas de ferro!

• No Rossio, perto da zona onde está o plátano, poderá fazer uma visita ao Posto de Turismo, que costuma oferecer aos visitantes exposições temporárias variadas. Além disso, poderá adquirir uma planta da cidade, o que facilitará bastante as suas deslocações.

• Subindo a rua em direcção à Escola Industrial e Comercial, encontrará ainda o Jardim da Corredoura, onde poderá descansar um pouco. Embora não esteja muito bem tratado, ainda é um jardim agradável, com bastante vegetação e um parque infantil razoável.

33717419

São Salvador de Aramenha

Depois de bem explorada, deixe a vila de Marvão em direcção a Portalegre, pela estrada que anteriormente o levou a Portagem. Se é um apreciador de arqueologia, não deixe de visitar as ruínas de Ammaia e respectivo museu, em São Salvador de Aramenha.

casa-da-rua-nova

Piscina Fluvial de Portagem

Já perto de Marvão, num cruzamento que indica Marvão para a esquerda e Portalegre para a direita, vire à direita. Depois de passar por Jardim, chegará a Portagem e, pouco depois, a um cruzamento com a indicação Portalegre. Estacione aí perto e encontre, por baixo da ponte sobre o Rio Sever, a piscina fluvial. Tanto os adultos como as crianças poderão utilizar a piscina em segurança: a profundidade aumenta gradualmente, existindo mesmo um local onde a água é muito pouco profunda. O espaço circundante é aprazível, com a margem devidamente adaptada para banhos, com escadas de acesso à água e pavimento em bom estado, além do arvoredo abundante, que proporciona uma sombra agradável, especialmente útil nos dias de calor intenso. O local está equipado com várias mesas e bancos, onde pode tomar uma refeição, e casas de banho. Nas proximidades existe também um restaurante. Mesmo que não utilize a piscina, o local em si é bastante agradável, ideal para descansar um pouco. A paisagem é complementada por uma ponte quinhentista, que foi trazida de Olhos de Água.

parque aquatico fafe, parque aquatico de fafe, parque aquatico de fafe preços 2013, casa do penedo, burros, parque aquatico fafe preços, praias fluviais algarve, escapadelas baratas, parque aquatico fafe site oficial, casa do penedo fafe .