Artigos

Cascata

Percurso em Vieira do Minho

Este percurso tem como ponto de referência Vieira do Minho, uma vila antiga e rica em tradições, protegida pela Serra da Cabreira.
Depois, o itinerário vai-se desenvolvendo pela zona leste do Parque Nacional da Peneda-Gerês, onde ainda se podem encontrar alguns dos mais belos cenários naturais do país e encantadoras aldeias históricas. Aqui, vale a pena deixar o tempo correr…

fonte

Percurso em Leiria

Este percurso tem início na cidade de Leiria, dominada pelo seu castelo e pelo Rio Lis, que lhe conferem uma peculiar geografia. De seguida, convidamo-lo a visitar a Marinha Grande, tão conhecida pela sua arte vidreira. Depois de apreciar alguns exemplos de tão nobre e difícil arte, siga na direcção de São Pedro de Moei, passando, primeiro, pelo célebre Pinhal de Leiria. Praias agradáveis e parques apelativos são outros condimentos deste percurso, que lhe proporcionarão o merecido descanso. Finalmente, sugerimos uma visita à Batalha, onde um dos símbolos da região, o famoso Convento de Santa Maria da Vitória, espera por si.

Vila_Nova_de_Milfontes

Percurso em Vila Nova de Milfontes

Este percurso parte de Vila Nova de Milfontes e segue pelo litoral alentejano, à descoberta das praias, falésias, flora e fauna locais, numa autêntica “cura de Natureza”. Depois, inflecte da Zambujeira para o interior, passando por vilas como São Teotónio e Odemira e, finalmente, pelo Pego das Pias, um pequeno paraíso escondido. Regressa depois, por São Luís, a Milfontes, para deitar um último olhar à costa, no privilegiado ponto de observação que é o Porto das Barcas.

194-agra

Agra

Depois de, eventualmente, visitar ainda uma interessante oficina de alambiques e outros objectos de cobre, saia de Rossas em direcção a Agra. A paisagem, inicialmente constituída por campos de cultura, vai adquirindo, aos poucos, uma magnífica fisionomia serrana. Pelo caminho, passará por enormes penedos arredondados, que parecem prontos a resvalar para a estrada a qualquer momento.

• Chegado a Agra, estacione o carro e visite demoradamente esta belíssima aldeia típica, que se encontra relativamente bem preservada. Repare especialmente nos espigueiros e nas levadas de pedra. Na parte baixa, junto ao rio, também existem alguns moinhos.

• Depois, saindo de Agra e prosseguindo na mesma estrada, encontrará, cerca de 2 quilómetros adiante, uma ponte antiga e um moinho, inseridos numa paisagem lindíssima; é o sítio dos Moinhos do Ave. Na encosta de uma das margens, existe um parque de merendas, com mesas e bancos de pedra sob a sombra generosa de grandes árvores. O rio, com uma água transparente como o vidro, convida a saborear a sua frescura nas alturas de maior calor. Atravessando a estrada e acompanhando o curso do rio, que forma pequenas cascatas em diversos pontos, encontrará outros moinhos.
Aos apreciadores de caminhadas, sugerimos que deixem o carro junto da aldeia de Agra e percorram, a pé, a estrada que leva aos moinhos.

• Continuando o percurso, encontrará, antes de chegar a Vilar Chão, uma ponte romana de um só arco, muito elegante. Passado Vilar Chão, siga por Pinheiro e, nesta localidade, tome a direcção de Parada Velha. Seguindo pela estrada florestal que se encontra junto ao campo de tiro – que liga Pinheiro a Ruivães – encontrará a Necrópole Megalítica do Chão de Gandas. Esta consiste num característico conjunto de monumentos do tipo “mamoa”, com algumas gravuras rupestres talhadas na rocha. No entanto, as inscrições já estão muito apagadas, de forma que, se não for um apaixonado pela arqueologia, talvez não valha a pena perder muito tempo à procura desta antiga necrópole.

fotoGaleria10

Ilhéu de Vila Franca

Desça até ao pequeno porto, onde poderá apanhar o barco até ao Ilhéu de Vila Franca, classificado como reserva natural. No entanto, só poderá fazer este passeio entre finais de Junho e Setembro. O percurso dura cerca de 5 minutos e o barco parte sensivelmente de hora a hora. A última carreira de regresso parte por volta das 17.30 h. O bilhete custa cerca de 1,5 euros para adultos, mas as crianças têm desconto (contacto: 296 58 39 11 – Posto de Turismo).

• Um dos pontos de interesse do ilhéu reside numa enorme piscina natural, ligada ao mar por um canal pouco profundo, que mais não é do que uma pequena caldeira de um vulcão, actualmente extinto. Poderá explorar o ilhéu a pé, mas deve abster-se de assustar as aves.

• Após o divertimento aquático, encontrará certamente bons locais para tomar uma refeição perto da água. No entanto, uma vez que não existem lojas no ilhéu, será necessário levar um farnel. Alguns cafés junto ao porto vendem almoços embalados, cujo preço já inclui o custo da passagem de barco. No porto, há também vários restaurantes agradáveis, para quem preferir esperar confortavelmente pelos excursionistas embarcados.

parque aquatico fafe, parque aquatico de fafe, parque aquatico de fafe preços 2013, casa do penedo, burros, parque aquatico fafe preços, praias fluviais algarve, escapadelas baratas, parque aquatico fafe site oficial, casa do penedo fafe .