Artigos

12399687703_79f6bba589_o

Alturas do Barroso

Após este pequeno desvio, volte, mais uma vez, à estrada principal e siga para Alturas do Barroso. Tenha paciência com as manadas que, muito provavelmente, encontrará pela estrada, passando de umas pastagens para outras. E, se ainda não o fez, aproveite para reparar na enorme quantidade de aves de rapina que sobrevoam os campos… Chegando à aldeia, poderá subir à Capelinha de Santo Isidro, de onde terá uma vista bastante interessante sobre os arredores.

• Pouco depois de sair de Alturas do Barroso, na direcção de Atilho e Lavradas, a Barragem do Alto Rabagão começará a aparecer, lá em baixo, do lado esquerdo da estrada. Depois de passar o entroncamento, à esquerda, para Montalegre e Pisões, vá com atenção: vai ter uma boa perspectiva da barragem.
Passe, de seguida, um pinhal que surge do lado esquerdo e terá uma nova perspectiva, ainda mais desimpedida. A seguir há uma curva à direita e, depois de um pequeno bosque, encontrará, também a direita, um portão de madeira num muro de pedra sobreposta. Em frente a esse portão, mas do lado esquerdo da estrada, vem desembocar um caminho de terra batida. Siga por aí e, cerca de 50 metros depois, pare o carro e procure a barragem.

• À sua frente erguem-se dois pequenos montes, com o cume recoberto por grandes blocos de pedra. Se lhe apetecer desfrutar, realmente, de uma boa panorâmica da barragem, suba ao segundo monte e deleite-se com a paisagem, sentado num dos imensos pedregulhos. Trata-se de um percurso de cerca de um quilómetro, que envolve uma pequena escalada, pouco perigosa.

74504537

Boavista dos Pinheiros

Voltando à EN 120, rume agora em direcção a Odemira, sede do maior concelho do país. Passará por alguns típicos montes alentejanos, de perfil ondulado, e por algumas zonas onde o arvoredo junto à estrada ameniza a monotonia da paisagem. Quando vir uma placa a indicar Boavista dos Pinheiros, vá com atenção, porque, não muito tempo depois, verá um desvio, para a direita, com a indicação Parque das Águas. Vá sempre por essa estrada até chegar a um largo, onde há espaço suficiente para estacionar o automóvel. Nessa altura verá, à sua direita, um portão que dá acesso a uma pequena mas frondosa mata, com algumas zonas de merendas, muita água e uma casa rural onde está reproduzida uma cozinha típica alentejana. Um pequeno passeio pela mata, ao longo de um caminho cheio de sombra, permite ainda descobrir, ao fundo, um pinhal e um agradável parque infantil. Em suma, um verdadeiro oásis, sobretudo nos dias em que o tórrido calor alentejano mais se fizer sentir.

Local: Boavista dos Pinheiros.
Horário: Inverno (Outubro a Maio), das 08.00 h às 16.00 h; Verão (Junho a Setembro), das 08.00 h às 19.00 h.
Preço: entrada gratuita.

guarda

Percurso na Guarda

Este percurso vai desde as faldas da Serra da Estrela até muito perto da zona de fronteira. Primeiro, sugerimos um passeio pelas ruas da cidade da Guarda, onde vale a pena passar algum tempo, apreciando os espaços verdes, as ruas pitorescas e alguns monumentos. Seguimos depois por montes e vales, parando aqui e ali, em recantos amenos, até chegarmos ao ponto mais oriental do percurso – a aldeia de Castelo Mendo, um autêntico museu vivo. E, já que falamos em passado, os apreciadores de vestígios arqueológicos também encontrarão alguns vestígios da passagem dos romanos por estas terras, que certamente despertarão o seu interesse.

parque aquatico fafe, parque aquatico de fafe, parque aquatico de fafe preços 2013, casa do penedo, burros, parque aquatico fafe preços, praias fluviais algarve, escapadelas baratas, parque aquatico fafe site oficial, parque terra nostra .