Artigos

Moncarapacho05_486

Moncarapacho

Saia de Estói em direcção a Olhão, virando em seguida à esquerda, para Moncarapacho. A estrada está em bom estado, embora a paisagem, de matagal baixo, seja um pouco monótona. Chegado ao cruzamento à entrada de Moncarapacho, verá, à sua esquerda, uma grande olaria, onde poderá adquirir, se o desejar, diversos artefactos de barro típicos da região.

• Depois, dirija-se para o centro da povoação e visite o Museu Paroquial, que está indicado à esquerda. Neste museu estão expostos alguns artefactos arqueológicos, uma grande variedade de antigos utensílios agrícolas e inúmeras obras de arte e antiguidades diversas. Também estão presentes algumas curiosidades, como, por exemplo, um relógio antigo de caixa alta, da autoria de John Harrison, que é um dos quatro que existem em todo o mundo.

Nota: os visitantes são guiados por uma senhora que fecha a porta sempre que começa uma nova visita – por isso, não se admire se encontrar a porta fechada no horário normal de abertura. Em princípio, bastará ter um pouco de paciência e aguardar que a visita termine.

• Além do museu, também poderá visitar a pequena capela contígua, ricamente decorada com talha dourada e azulejaria tradicional. Encontram-se expostos vários objectos de arte sacra.

Local: Rua de Santo Cristo,
Moncarapacho.
Contacto: 289 79 21 91.
Horário: segundas, quartas e sextas, das11.00 h às 15.00 h.

• Também pode valer a pena, se a temática o interessar, dar uma vista de olhos na Igreja de Nossa Senhora da Graça. Depois de apreciar o portal, ornamentado por figuras finamente trabalhadas na pedra clara, entre e repare nas pinturas sobre pedra que decoram as colunas e abóbadas da igreja.

37831-ef0-110

Sesimbra

Saia do Portinho da Arrábida, regressando ao último cruzamento por onde tinha passado. Sobressaindo no meio do matagal, repare no Convento da Arrábida, na encosta à sua frente. Vire agora para a esquerda, na direcção de Sesimbra, e, depois, corte novamente à esquerda, quando chegar ao final do traço contínuo. Cruze a via com cuidado e entre numa estrada de terra batida que aí se encontra, atravessando uma mata muito agradável. Chegando ao fim do caminho, estacione, tendo o cuidado de não estorvar a entrada para a casa particular aí situada.

3150

Sacoias

Continue o percurso, saindo da aldeia na direcção de Bragança, através de um matagal cerrado de esteva, rosmaninho, urze e carqueja que, nas horas mais quentes do dia, faz entrar pelas janelas do carro um agradável cheiro a serra.
Repare também nos pinheiros, cheios de novelos brancos de casulos de processionária. Esta praga florestal acaba por destruir completamente a árvore. Só uma boa população de morcegos poderia controlar, de forma natural, as borboletas nocturnas destas lagartas cobertas de pêlos urticantes.
Não mexa nos casulos, se não quer passar o resto do dia a tossir e com os olhos inflamados!

• Volte à esquerda quando vir indicado Sacoias. Nesta aldeia, visite a Igreja de Nossa Senhora da Conceição, pedindo à Sra. Conceição (da mercearia) para vir abrir a porta do templo. A igreja tem um belo altar em madeira trabalhada e vários quadros atribuídos ao mestre Grão Vasco.

• A cerca de 1 quilómetro da aldeia, poderá visitar o que resta de um castro erguido na Idade do Ferro e utilizado ainda na época romana. As ruínas encontram-se junto à Capela da Senhora da Assunção.

parque aquatico fafe, parque aquatico de fafe, parque aquatico de fafe preços 2013, casa do penedo, burros, parque aquatico fafe preços, praias fluviais algarve, escapadelas baratas, parque aquatico fafe site oficial, parque terra nostra .