Artigos

220820101809

Porto Covo

Pegue no carro e saia da cidade, seguindo a marginal para sul, em direcção a cercal. Quando avistar as enormes chaminés da central da EDP, que surgem do lado esquerdo da estrada, vá com atenção, já que deverá voltar à direita, quando vir indicado São Torpes. Em breve, encontrará uma boa praia, embora aqui o mar seja um pouco mais agitado do que em Sines.

• Seguindo pela mesma estrada, passará por mais algumas praias, mais pequenas, algumas delas perfeitamente escondidas em apertadas baías, aconchegadas entre falésias altas. Por vezes, é preciso descer por longas escadarias construídas na rocha para ter acesso ao areal.

• Observe, do lado esquerdo da estrada, os restos de um antigo cordão dunar, ostentando uma flora rica, típica destas regiões arenosas. Depois, repare nos vastos campos cerealíferos, que vão surgindo entretanto, onde se avistam frequentemente diversas aves de rapina a caçar, aproveitando o vento para pairar sobre a planície.

• Antes de chegar a Porto Covo, passará por uma zona de grandes dunas, onde existe um óptimo parque de merendas com mesas, bancos e assadores. Todo o recinto está bem sombreado por enormes pinheiros e apresenta um aspecto limpo, podendo constituir uma boa opção para tomar uma refeição ligeira num local agradável.

• Pouco depois, entrará em Porto Covo, uma antiga aldeia piscatória, hoje mais vocacionada para o turismo. Mesmo assim, não deixa de ser uma localidade simpática e apetecível, com o seu casario baixo e uma boa praia, bem abrigada numa enseada.

O porto de abrigo está bem protegido, num canal onde só o mar vindo de oeste provoca alguma ondulação. Observe esta curiosa imagem, composta por pequenos barcos de cores garridas, fundeados no meio do canal apertado e entre falésias altas.

MuseuAutomovelAntigo01

Museu do Automóvel

Depois de um passeio a pé pela parte velha da vila de Cascais, siga pela estrada marginal (EN 6) em direcção a Lisboa, que vai sempre junto ao mar. Se gosta de automóveis, faça um pequeno desvio em Paço de Arcos, para visitar o Museu do Automóvel Antigo, na Alameda Calouste Gulbenkian, na saída para Caxias. É um pequeno museu e, como tal, não pode conter muitos exemplares. Mas a diversidade dos modelos expostos e as informações fornecidas são suficientes para se ficar com uma boa perspectiva da história do automóvel, desde os seus primórdios até aos nossos dias.

Local: Alameda Calouste Gulbenkian, n.° 7, Paço de Arcos.
Contacto: 214 41 06 33.
Horário: todos os dias, das 10.00 h às 13.00 h e das 15.00 h às 18.00 h.

SONY DSC

Relva

Pegue no carro e saia da cidade, seguindo a marginal para oeste, na direcção do porto. Passará pelo Forte de São Brás, a única construção militar antiga ainda visível em Ponta Delgada. Esta fortificação, típica da Renascença, foi construída no século XVI, para defender a costa da pirataria, e posteriormente remodelada no século XIX.

Depois de passar pelo forte, siga pela rua que continua a marginal, na direcção de Sete Cidades. Alguns quilómetros adiante, à saída de Relva, encontrará, no lado esquerdo da estrada, o Miradouro do Caminho Novo, a partir do qual poderá apreciar uma boa panorâmica da costa. No mesmo local, poderá tomar uma refeição com vista para o mar, já que há mesas e bancos e um local para aquecer a comida, desde que vá prevenido com lenha. Existe também um pequeno parque infantil e uma loja de recordações.

serralves_ppimenta

Parque de Serralves

Trata-se de um espaço extremamente agradável, que inclui jardins, pastagens, bosques, uma casa de chá, um roseiral e um pequeno lago romântico. Como esperamos que possa constatar, um passeio pelo Parque de Serralves, num dia soalheiro e, se possível, num ritmo liberto de preocupações, é uma autêntica dádiva dos céus! O único senão (tinha de haver um…) é que a entrada é paga, apesar de o preço de entrada no museu também dar acesso ao parque. Mas, se gosta de oásis urbanos, verá que vale a pena, mesmo que tenha de pagar a entrada.

Horário: terça a domingo, das 10.00 h às 19.00 h (Março e Outubro), das 10.00 h às 18.00 h (de Novembro a Fevereiro) ou das 10.00 h às 20.00 h (de Abril a Setembro).

• Saindo de Serralves, volte à Avenida da Boavista, continuando no sentido descendente, na direcção do Forte de São Francisco Xavier, mais conhecido como Castelo do Queijo. Passará pelo Parque da Cidade, que fica à direita de quem desce, e é mais um interessante espaço verde de grandes dimensões, com lagos, fontes e relvados. Caso tenha aceite a nossa sugestão de passeio pelo Parque de Serralves, não faz muito sentido ir vê-lo agora, mas talvez ainda possa passar por aqui antes de terminar o percurso.

• Na parte final da descida para o Castelo do Queijo, começa a avistar-se o mar. Chegando à rotunda, faça três quartos de volta e inicie a descida da Avenida de Montevideu. Nessa altura, procure um local para estacionar. Está numa das zonas mais emblemáticas da cidade. Aproveite para admirar melhor o Castelo do Queijo (uma fortaleza construída no séc. XVII sobre uns rochedos, cuja forma peculiar contribuiu para a “alcunha”) e dar um passeio pela zona ajardinada ao longo da avenida.
Encontrará diversas esplanadas, junto às praias, que convidam a uns momentos de descontracção enquanto contempla o mar.

• Continue pela marginal, sempre em direcção à Ribeira. Se puder, vá efectuando pequenas paragens, de forma a familiarizar-se com esta zona nobre do Porto. Daí a pouco, passará pelo Forte de São João da Foz (séc. XVI) e, a seguir, pelo centenário Jardim do Passeio Alegre; depois, avançará, sucessivamente, pela Rua das Sobreiras, Rua do Ouro, Rua de Monchique e Rua Nova da Alfândega, sempre com o Douro por companhia. Nesta última rua, no antigo Edifício da Alfândega, fica o Museu dos Transportes e Comunicações, onde se encontra uma interessante exposição sobre a história e a evolução do automóvel. Mas o edifício, só por si, já valeria a visita.

Local: Rua Nova da Alfândega.
Contacto: 22 340 30 00.
Horário: terça a sexta, das 10.00 h às 12.00 h e das 14.00 h às 18.00 h; fim-de-semana e feriados, das 15.00 h às 19.00 h. Encerra à segunda.

• Nesta altura, está já próximo da zona da Ribeira, o verdadeiro centro histórico do Porto. A seguir à Rua Nova da Alfândega, suba a Infante D. Henrique e procure a entrada do novo parque de estacionamento subterrâneo, que fica na praça com o mesmo nome. Não muito longe, encontra-se o Palácio da Bolsa (com o seu famoso Salão Árabe) e o antigo Mercado Ferreira Borges (hoje, um espaço de animação cultural), bem como, a poucas dezenas de metros, a célebre Praça de Ribeira. Do Cais da Ribeira, terá uma vista excelente sobre várias paisagens míticas do Porto e Gaia: as pontes de D. Luís I e de D. Maria Pia; as escarpas da outra margem do Douro, o Mosteiro da Serra do Pilar; o Cais dos Barcos Rabelos; as diversas Caves do Vinho do Porto.

• Na Ribeira propriamente dita, há muito para explorar: as vielas e as casas típicas, as escadarias de pedra e os pátios, as lojas tradicionais (muitas delas já em declínio), os restaurantes e bares da moda, as esplanadas convidativas. No entanto, é à noite, mais do que durante o dia, e sobretudo aos fins-de-semana, que esta zona se enche de vida. A animação nocturna da Ribeira goza de merecida fama. Por isso, considere a hipótese de voltar aqui mais tarde. Por agora, não deixe de passar, a pé, a ponte D. Luís I e visitar também a chamada ribeira de Gaia. Poderá apreciar os barcos rabelos e – porque não? – aproveitar para fazer uma visita a uma das caves de vinho do Porto. As Caves Sandeman, por exemplo, ficam no Largo Miguel Bombarda, a 100 metros da ponte. Para informações sobre horários e preços, poderá ligar para o n.° 22 374 05 00. As Caves Calem também ficam muito perto, na Avenida Diogo Leite, n.° 25 (contacto: 22 379 40 41).

76de1977-46af-4c78-bc7b-d973fd8d22c9

Horta

Regresse à Horta e aproveite para jantar num restaurante da marginal, com vista para o Pico. Mais tarde, mergulhe na confusão do Café Sport para confirmar, em primeira mão, a qualidade do tão famoso gin tónico. Depois, desintoxique-se do fumo do tabaco num longo passeio até à marina para apreciar as pinturas efectuadas por gerações de marinheiros que passaram por este cais: algumas delas são autênticas obras de arte!

parque aquatico fafe, parque aquatico de fafe, parque aquatico de fafe preços 2013, casa do penedo, burros, parque aquatico fafe preços, praias fluviais algarve, escapadelas baratas, parque aquatico fafe site oficial, parque terra nostra .