Artigos

convent-of-christ-in-tomar

Em Tomar

Inicie o percurso com uma visita ao Parque do Mouchão, em pleno coração da cidade. Logo à entrada, repare na enorme roda de rega que ali labora há séculos! Este é um espaço de lazer muito agradável, com muitas árvores e recantos lindíssimos à beira-rio, acompanhados por diversos açudes e pontes. Também é possível fazer um passeio pelo rio, já que existem pequenos barcos para alugar. Perto do estádio, encontra-se um bom parque de merendas, que brinda os visitantes com uma excelente panorâmica do rio. A propósito, repare nos milhares de barbos que aí permanecem quietos, quase indolentes… Junto ao parque de merendas, há também um bom parque infantil, pelo que poderá usufruir calmamente desse espaço enquanto mantém as “debaixo de olho”.

• Depois, atravesse a Ponte Velha e aprecie os Moinhos de Água d’EI Rei, engenhos curiosos que, no segundo quartel do século XVI, aproveitavam a força motriz da água para uso industrial. Do outro lado, na Rua Everard, observe a oficina de fundição e serralharia, que produz verdadeiras obras de arte em ferro fundido e forjado.

• A seguir, atravesse a parte velha da cidade, subindo a Rua Serpa Pinto até à espaçosa Praça da República. Aí, poderá visitar a Igreja de São João Baptista, na qual se destaca o magnífico portal. A fachada gótica, que lhe dá um toque grandioso, deve-se a D. Manuel I, que, nessa altura, era também Mestre da Ordem de Cristo. No interior do templo, aprecie o púlpito, em pedra trabalhada, e as tábuas quinhentistas do mestre Gregório Lopes.

Local: Praça da República.
Contacto: 249 31 26 11.
Horário: todos os dias, das 10.00 h às 18.00 h.
Preço: gratuito.

DSC_0093

Castelo de Paderne

O castelo, de origem árabe, foi habitado até ao século XIV, mas encontra-se presentemente em muito más condições. No interior encontrará uma capela gótica, também em ruínas. O aspecto mais atractivo está na paisagem de que desfruta, mas mesmo essa é relativamente perturbada pelo viaduto da Via do Infante e pelo ruído incessante do tráfego, que corrompe o silêncio da serra de forma quase insuportável. Na povoação, pode visitar a Igreja Matriz, que foi reconstruída depois do terramoto de 1755 e cujo arco da capela-mor está decorado com figuras humanas. Numa das casas também poderá descobrir uma interessante chaminé decorada do século XVIII.

Batalha-East-End-May06-D5425sAR800

Batalha

Quando tanto sossego já for demais, saia de Pataias e siga em direcção a Martingança e depois Batalha. Chegando a esta localidade, que deve o seu nome, como sabe, à batalha de Aljubarrota (travada em 1385), seria difícil não fazer uma visita ao conhecido Mosteiro (também conhecido como Convento de Santa Maria da Vitória). A sua construção começou em 1388, 3 anos, portanto, após a referida batalha, e prolongou-se até 1580. Apresenta-se como um dos mais espectaculares exemplos da arquitectura gótica no nosso país e é, desde 1983, considerado património mundial pela UNESCO. Entre, pois, neste fantástico edifício e aprecie os vitrais, a Capela do Fundador e a abóbada da Sala do Capítulo, a tal que foi construída pelo mestre Afonso Domingues e parece desafiar as leis da Física. Na época, o mestre foi confrontado com muitas dúvidas em relação a esta obra, pelo que, depois de concluída, se sentou sob a abóbada durante vários dias, para provar que estava perfeitamente seguro dos seus cálculos. No fim, concluiu: “A abóbada não caiu, a abóbada não cairá!”; o que, pelo menos até agora, não podia ser mais verdade.

parque aquatico fafe, parque aquatico de fafe, parque aquatico de fafe preços 2013, casa do penedo, burros, parque aquatico fafe preços, praias fluviais algarve, escapadelas baratas, parque aquatico fafe site oficial, parque terra nostra .