Artigos

846_1289267961_cadaval

Casa do Cadaval

Esta importante exploração agrícola, uma das maiores do país, oferece aos visitantes, mediante marcação prévia, várias actividades interessantes, sobretudo para aqueles que pretendem fugir ao bulício da cidade e “comungar” com a natureza e a faina rural. Faz parte da chamada Rota do Vinho do Ribatejo e, por isso, não surpreende que uma das principais atracções seja a visita às vinhas e à adega, com prova de vinhos opcional. Esta poderá ser acompanhada por alguns petiscos, se os visitantes assim o desejarem, ou mesmo por uma refeição, desde que o indiquem na altura da marcação. Além das artes do vinho, os visitantes poderão ficar a conhecer aspectos relacionados com outras culturas ou estabelecer um contacto mais estreito com os animais. Existem ainda zonas de caça e cursos de água óptimos para a pesca.

Local: Muge (EN 118).
Contacto: 243 58 80 40.
Preço: a combinar, consoante o tipo de visita.

SALACETACEOS-f954869a8b

Museu da Baleia

Durante cerca de quarenta anos de actividade, os baleeiros da Madeira caçaram 5 885 cachalotes. A memória desses tempos está guardada neste pequeno museu, sob a forma de fotografias e artefactos que mostram todas as fases da perigosa faina marítima. A fábrica da baleia, hoje destruída para dar lugar à Zona Franca e Industrial da Madeira, está aqui lembrada numa miniatura pormenorizada. Pelas vitrinas e painéis explicativos ficará também informado sobre todos os aspectos relacionados com a biologia e protecção dos cachalotes e outros mamíferos marinhos.

Local: Largo Manuel Alves.
Contacto: 291 96 14 07.
Horário: das 10.00 h às 12.00 h e das 13.00 h às 18.00 h. Encerra à segunda.

• Aproveite agora para ir até à Ponta de São Lourenço e, eventualmente, dar um mergulho na Prainha, a única praia da Madeira com uma réstia de areia. Para lá chegar, terá de deixar o carro num parque à beira da estrada e descer a escadaria perto da Capela da Nossa Senhora da Piedade. Depois do mergulho, poderá seguir até ao fim da estrada, através de uma paisagem desértica, diferente da exuberância vegetal que recobre o resto da ilha, até à Baía de Abra, onde poderá estacionar. Existem trilhos visíveis no solo que permitem realizar curtos percursos pela árida e ventosa paisagem da ponta oriental da ilha.

13

Museu do Mar

Este pequeno museu também está bem recheado de objectos, que honram a memória deste povo de pescadores. Entre e aprecie as diferentes artes de pesca, as miniaturas de barcos e uma grande quantidade de objectos que, há muitos anos, eram utilizados na faina quotidiana. Por sua vez, uma boa colecção de fotografias antigas evidencia a profunda transformação que esta vila sofreu, ao longo das últimas décadas. Repare, por exemplo, nas imagens da lota. As modernas instalações que hoje se encontram no porto de abrigo ainda não existiam e a lota realizava-se na Praia do Peixe, do lado direito da fortaleza, mesmo em frente à vila. O peixe era estendido na areia e os negócios faziam-se numa aparente confusão de vozes e povo.

Local: Largo Luís de Camões.
Contacto: 212 28 85 00 (Câmara Municipal de Sesimbra- peça para ligar ao museu).
Horário: das 09.00 h às 12.30 h e das 14.00 h às 17.30 h. Encerra aos fins-de-semana e feriados.
Preço: gratuito.
Nota: informação válida para os dois museus.

• Volte ao carro e vá até ao porto de abrigo, parando um pouco no estaleiro para observar a construção dos barcos. Depois, dê um passeio a pé pelo porto de pesca e pela marina, apreciando a interessante perspectiva que daí se tem sobre a vila e o castelo.

AÇORES 4

Café Sport/Bar do Peter e Museu do Scrimshaw

Se imaginou que ia encontrar um espaço inventado e fabricado à la carte, como acontece nos centros comerciais, desengane-se. Aqui, tudo tem anos de história! A casa já existe desde 1901, embora só a partir de 1918 tenha adquirido o nome actual, quando Henrique Azevedo comprou a loja ao lado da do seu pai, juntando ambas no mesmo estabelecimento. Na altura, a fachada foi pintada com latas de tinta oferecidas por um barco holandês, que estava atracado na doca, e assim ficou, até hoje, do mesmo tom de azul.

• A história do duplo nome por que este café é conhecido resume-se em algumas linhas: certo dia, um capitão inglês, que passou pelo Faial por altura da Grande Guerra, achou que José Azevedo, filho de Henrique e então ainda uma criança, se parecia muito com o seu filho e passou a chamar-lhe Peter. A partir daí, o café ficou conhecido como Bar do Peter e chegou a adquirir fama internacional, em boa parte devido à propalada qualidade do seu gin tónico, muito procurado pelos marinheiros de garganta ressequida. Durante dezenas de anos, o Café Sport tem sido o ponto de encontro de milhares de marinheiros, que acostam nesta pequena ilha açoriana no decurso das suas travessias do Oceano Atlântico. O Peter serve inclusivamente de “posta restante”, onde, na falta de serviços de correio entre embarcações, é depositada a correspondência.

• Ainda no café, preste atenção a uma porta, que se encontra junto a um pequeno balcão de venda de artesanato em osso e dente de cachalote. É por aí que se sobe ao Museu do Scrimshaw, instalado no primeiro andar. O scrimshaw é a arte de gravar, em ossos e dentes de cachalote, desenhos mais ou menos artísticos, que retratam, geralmente, cenas baleeiras ou da faina marítima. Este ofício teve a sua origem nos barcos baleeiros, onde servia de entretenimento para passar o tempo durante as longas viagens. Além de uma colecção magnífica de dentes gravados, também encontrará neste museu diversas miniaturas de barcos e outros objectos ligados ao mar, feitos de osso de cachalote.

Local: Rua Tenente Valadim, n.° 9.
Contacto: 292 29 23 27.
Horário: das 09.00 h às 12.00 h e das 14.00 h às 17.00 h. Encerra ao domingo.

parque aquatico fafe, parque aquatico de fafe, parque aquatico de fafe preços 2013, casa do penedo, burros, parque aquatico fafe preços, praias fluviais algarve, escapadelas baratas, parque aquatico fafe site oficial, casa do penedo fafe .