Artigos

SONY DSC

Museu Municipal Dr. Santos Rocha

Este museu fica perto do Parque das Abadias e tem múltiplas áreas de exposição, pelo que não será difícil encontrar algo que suscite o seu interesse. Na secção de arte indo-portuguesa, estão expostas algumas peças de mobiliário e outros objectos de inspiração oriental e ocidental. Na colecção africana, dedicada essencialmente a Angola e Moçambique, descobrirá objectos de caça, guerra e decoração e instrumentos musicais e rituais, entre outros. Além destes núcleos, mais invulgares, existem ainda secções de arqueologia, com artefactos encontrados na Figueira da Foz e noutras zonas do país, e de arte sacra – dois temas mais comuns, é verdade, mas não menos interessante.

Local: Rua Calouste Gulbenkian.
Contacto: 233 40 28 40.
Horário: das 09.30 h às 17.15 h. Durante o Inverno, apenas está aberto, ao fim-de-semana, das 14.15 h às 17.15 h. Encerra à segunda e dias 1 de Janeiro, 1 de Maio, 24 de Junho e 25 de Dezembro.

lourinha_museu

Museu da Lourinhã

Aqui encontrará um vasto espólio paleontológico, proveniente, sobretudo, de recolhas nesta região. Poderá observar numerosas peças do esqueleto dos enormes sáurios que, há milhões de anos, por aqui passeavam. Uma das peças mais importantes da exposição e, sem dúvida, a mais conhecida, tanto no país como no estrangeiro, é o famoso “ninho” de ovos de dinossauro. O material exposto é acompanhado por textos e imagens, o que torna a visita extremamente didáctica. Também existe uma pequena exposição de arqueologia (Pré-História) e mineralogia.

Local: Rua João Luís de Moura.
Contacto: 261 41 40 03.
Horário: terça a domingo, das 9.00 h às 12.30 h e das 14.30 h às 18.30 h. Encerra à segunda e feriados.

SONY DSC

Exposição Fotográfica do Vulcão dos Capelinhos

Inicie o regresso à Horta, pela estrada que segue do farol para norte. Vire à direita num cruzamento onde existe um enorme cedro. Pouco depois, encontrará uma casa de dois andares, de traça regional, onde uma grande tabuleta indica a exposição fotográfica. No primeiro andar, poderá ver uma série de fotografias reportando a violenta actividade vulcânica que sacudiu a ilha nos finais dos anos 50. São também lembrados os sobreviventes, que deram origem à primeira grande vaga de emigração para os Estados Unidos.

No piso térreo existe uma loja de artesanato, onde é possível adquirir cestos, bordados, pinturas de seda, gravuras em escamas de peixe e trabalhos em miolo de figueira.

Local: Estrada Regional.
Contacto: 292 94 51 65.
Horário: Inverno – de terça a sexta, das 10.00 h às 12.00 h; sábado e domingo, das 14.00 h às 17.30 h. Verão – de terça a sexta, das 10.00 h às 12.30 h e das 14.00 h às 17.30 h; sábado e domingo, das 14.00 h às 17.30 h. Encerra à segunda e nos dias 1 de Janeiro e 24, 25 e 31 de Dezembro.
Preço: gratuito.

Calçadinha

São Brás de Alportel

Em São Brás, vila pacata que foi, em tempos, a residência dos bispos do Algarve, procure a indicação Museu Etnográfico.

• O Museu Etnográfico do Trajo Algarvio está instalado na Casa da Cultura António Bentes. O próprio edifício mereceria, por si só, uma visita: repare nos tectos de madeira muito trabalhados e nas gelosias de algumas portas exteriores. Mas o museu contém uma exposição de mais de 15 000 peças representativas dos trajos de toda a região algarvia, desde a zona barrocal e serrana até à orla marítima, além de percorrer todas as classes sociais e actividades profissionais. Em suma, uma exposição a não perder.

• Como “bónus”, poderá observar ainda uma interessante colecção de bonecas antigas e actuais, manufacturadas na região, e diversas imagens de arte sacra em madeira pintada, feitas pelos famosos pinta-santos ou faz-santos do Algarve. Encontrará também uma colecção constituída por uma vintena de veículos tradicionais, puxados por animais, como o trem de passeio das gentes ricas ou o carro aguadeiro.

• Nas antigas cavalariças, hoje restauradas, encontram-se vários equipamentos próprios destas instalações, bem como diversas alfaias agrícolas e outros acessórios campestres antigos. Poderá admirar também uma exposição que ilustra todas as fases da exploração da cortiça.

Local: Rua Dr. José Dias Sancho, 63, São Brás de Alportel.
Contacto: 289 84 01 00.
Horário: das 10.00 h às 13.00 h e das 14.00 h às 17.00 h. Ao sábado e domingo só abre à tarde.

• Ainda em São Brás, pode fazer uma boa caminhada de cerca de dois quilómetros, percorrendo um pequeno troço da calçada romana que, antigamente, fazia a ligação entre Faro e a serra algarvia. Pare o carro junto à Igreja Matriz e encontrará, entre esta e a residência episcopal, uma viela que dá acesso à referida via, denominada localmente Calçadinha. É preciso caminhar cerca de um quilómetro para encontrar a descoberto a antiga calçada, que se pode seguir até à actual estrada para Faro.

• Se visitar São Brás no pino do Verão, talvez seja útil saber que aí existe um complexo de piscinas municipais, abertas de Junho a Setembro, que inclui uma piscina de baixa profundidade para crianças, e outra para adultos, com duas pranchas de saltos.

ssem

Atelier de Arlindo Arez

Volte de novo à estrada alcatroada e siga na direcção da Mexilhoeira Grande. Um pouco adiante encontrará, do lado esquerdo da estrada, o atelier de Arlindo Arez. Aí poderá não só visitar a exposição permanente de esculturas de madeira do artista, como, eventualmente, adquirir algumas peças. Também é possível observar, no próprio atelier, peças em várias fases de acabamento, ferramentas utilizadas pelo escultor, etc. Realizam-se aí ocasionalmente diversos workshops e simpósios, nos quais poderá participar, se estiver interessado, mediante inscrição prévia.

Local: Quinta dos Portos, Alcalar.
Contacto: 282 47 14 91.
Preço: gratuito.

parque aquatico fafe, parque aquatico de fafe, parque aquatico de fafe preços 2013, casa do penedo, burros, parque aquatico fafe preços, praias fluviais algarve, escapadelas baratas, parque aquatico fafe site oficial, casa do penedo fafe .