Artigos

a9cbc17e3ce9915f68bb22f0eff14ef0

Real Filatório de Chacim

Depois, seguindo a indicação de Real Filatório da Seda, entrará numas ruelas estreitas, com casario baixo muito antigo. Era aí que moravam os funcionários do Filatório. Em 1796, trabalhavam na fábrica 220 operários portugueses e italianos. Hoje, do antigo edifício do Real Filatório restam apenas algumas ruínas de paredes altas, cujos recantos escondem recordações dos tempos áureos daquela indústria, que, pouco a pouco, vão sendo postas a descoberto pelos arqueólogos.

• As vastas plantações de amoreiras, cultivadas pelos arredores, forneciam comida a autênticos “batalhões” de lagartas de bicho-da-seda, que eram colocados em casuleiros onde, acabado o primeiro ciclo de vida, fabricavam o característico casulo de fio de seda. Depois, a maioria dos casulos era colocada em água a ferver, matando a crisálida antes de esta ter tempo de perfurar o cofre de seda. A seguir, dava-se início ao delicado processo de desfiagem ou “desdobragem” do fio de seda, antes da passagem aos pequenos teares artesanais que se encontravam em diversas casas da aldeia onde os novelos se “metamorfoseavam” em bonitos tecidos de seda natural. Os casulos restantes eram guardados para criação, deixando-se as borboletas perfurar o novelo de seda e iniciar um novo ciclo reprodutivo.

• A introdução da técnica (denominada piemontesa) e de operários vindos de Itália nesta exploração compreende-se pelo facto de, naquela altura, os tecidos italianos se distinguirem pela sua qualidade. O edifício é mostrado gratuitamente pelo Sr. Francisco Amaro (toda a gente o conhece na aldeia), que é caseiro e amigo dos donos do Paço da Seda.

parque aquatico fafe, parque aquatico de fafe, parque aquatico de fafe preços 2013, casa do penedo, burros, parque aquatico fafe preços, praias fluviais algarve, escapadelas baratas, parque aquatico fafe site oficial, casa do penedo fafe .