Artigos

11223074

Museu de Vila Real

Neste museu encontrará algumas peças arqueológicas e uma fabulosa exposição de numismática, muito bem apresentada. Possui uma colecção bastante extensa de moedas romanas, gregas, cartaginesas, entre outras, desde o ano 450 a.C. até aos princípios do séc VIII. Diversos painéis fornecem informações sobre as principais rotas comerciais daqueles tempos e sobre os locais onde as moedas terão sido cunhadas. Uma interessantíssima viagem no tempo!

Local: Rua do Rossio.
Contacto: 259 32 57 30.
Horário: de terça a sexta, das 10.00 h às 12.30 h e das 14.30 h às 18.30 h. Sábados e domingos, das 14.30 h às 18.30 h.
Preço: gratuito.

• Finalmente, quem chega pelo IP4, vindo do Porto, encontra, à entrada do centro urbano, algumas lojas de artesanato e uma oficina de olaria, onde são modeladas diversas peças de barro, cuja tradição vem de Bisalhães, uma povoação que fica perto de Vila Real. A pedra de barro é triturada e cuidadosamente peneirada, de modo a aproveitar-se apenas um pó fino que, depois de humedecido, pode ser moldado da forma convencional. Mas o segredo da coloração negra da olaria de Bisalhães está no forno e nos métodos de cozedura utilizados. O forno é constituído por um buraco na terra, onde as peças são colocadas sobre o fogo, em cima de uma grelha metálica. Todo o forno é “abafado” com um pouco de caruma e terra, facto a que se atribui a coloração negra (e não vermelha) que as peças adquirem. A cozedura dura cerca de 24 horas.

portela-alentejo-portugal

Portel

Já de regresso a Évora, pelo IP2, não deixe de fazer uma visita a Portel, uma simpática vila encimada por um castelo com um óptimo miradouro. Estacione o carro e dê um pequeno passeio, apreciando as ruas estreitas e a arquitectura característica da região. Talvez possa aproveitar para comprar algumas peças de artesanato, nomeadamente as engraçadas miniaturas de mobiliário. A cerca de 4 quilómetros, poderá visitar a Ermida de São Pedro, construída no topo de um cabeço de xisto, de onde se desfruta de uma panorâmica bem desimpedida dos arredores. Infelizmente, o local está repleto de enormes antenas de telecomunicações…

muralhas-castelo

Loulé

Depois, continue em direcção a Loulé, passando por uma ponte mandada construir pelo rei D. Sebastião.

• Vale a pena dar uma vista de olhos ao Museu Municipal de Arqueologia, apesar da dificuldade em estacionar nas proximidades. Apesar de pequeno, está muito bem apresentado, e aí se encontram expostas algumas pedras tumulares e muitas peças pré-históricas recolhidas nas redondezas.

• Em Loulé, existem inúmeras casas de fabrico e venda de artesanato – cobre, olaria, cestaria, etc. Recomendamos aos apreciadores que visitem a olaria da Calçada dos Sapateiros, n.° 43, onde poderão assistir ao trabalho dos oleiros e comprar diversas peças (contacto: Sr. Xavier, tel. 96 542 48 51). Repare também no belo edifício do mercado municipal, de estilo árabe.

Algar Seco_2_imagens-aj

Lagoa

Retome a direcção da Lagoa pela EN 125. Como facilmente poderá constatar, este trecho da estrada está repleto de lojas de artesanato diverso, que se sucedem de forma constante.

• A região da Lagoa é especialmente conhecida graças aos seus vinhos. Por isso, sugerimos que comprove pessoalmente a sua qualidade, provando uma selecção representativa dos melhores vinhos locais. (Mas, atenção: quase todos os vinhos da Lagoa têm um elevado teor alcoólico, que anda pelos 13 a 13,5%!).

• Para quem vem de Portimão, a Adega Cooperativa da Lagoa fica do lado direito, junto a um cruzamento com semáforos. Passando o portão, o posto de venda e de provas fica ao fundo, do lado direito.

• É possível fazer uma visita guiada às adegas, durante a qual se fica a saber quase tudo sobre a produção e o engarrafamento dos cinco tipos de vinhos da região, em que predominam os tintos. Segue-se a prova, que decorre junto ao posto de venda. Se o desejar, também pode adquirir os que forem mais do seu agrado. Os preços vão de cerca de 1,5 Euros, para uma garrafa de vinho de mesa comum, até cerca de 6,25 Euros, para um Porches tinto de 1998.

• A visita com prova simples é gratuita, mas se desejar um acompanhamento de pão e chouriço, já lhe custará cerca de 3 Euros (por pessoa), além de que essa modalidade está sujeita a marcação prévia (contacto: 282 34 21 81).

1054557

Vieira do Minho

Experimente começar a manhã com um pequeno passeio pelo jardim que se encontra na Praça Guilherme de Abreu, junto ao edifício da Câmara Municipal.
Aí encontrará agradáveis esplanadas para tomar o pequeno-almoço, caso ainda não tenha tido oportunidade para isso. Perto do edifício da Delegação Escolar, existe um parque infantil muito bem equipado, onde também as crianças poderão começar o dia da melhor maneira. Aproveite para reparar no bonito fontanário que aí se encontra…

• Se se interessa por artesanato, poderá visitar o estabelecimento Rurália, na Praça do Bombeiro Voluntário. Aí encontrará, sobretudo, bordados tradicionais, cestos, tecelagens e artigos de cobre (contacto: 253 64 86 69).
Perto, existe outro parque infantil, mais pequeno do que o anterior, onde as crianças poderão ficar entretidas enquanto os adultos fazem algumas compras.

• Outro local interessante de Vieira do Minho é o Parque Florestal, que fica do outro lado da vila (não muito longe da Praça Guilherme de Abreu). É o local ideal para um longo passeio a pé pelos arruamentos ladeados por um arvoredo denso, que transmitem uma agradável sensação de paz e tranquilidade. Se quiser tomar consciência da enorme quantidade de aves que utilizam este bosque, propomos-lhe que pare durante alguns instantes, feche os olhos, de modo a aguçar a audição, e conte a incrível variedade de cantos que é possível ouvir.
No cimo do parque, junto às casas dos Serviços Florestais, encontrará dois espigueiros de traça típica da região, com muito bom aspecto.

parque aquatico fafe, parque aquatico de fafe, parque aquatico de fafe preços 2013, casa do penedo, burros, parque aquatico fafe preços, praias fluviais algarve, escapadelas baratas, parque aquatico fafe site oficial, parque terra nostra .