Regresso a Aveiro

Inicie o regresso a Aveiro, não sem fazer um pequeno desvio para visitar a Barra, em especial o seu paredão oitocentista e o seu farol centenário, um dos mais altos do país.

• Depois, ao chegar à entrada de Aveiro, em vez de se dirigir imediatamente para o centro, vire à esquerda, depois do viaduto, para visitar as salinas, que estão mesmo ali às portas da cidade. Antigamente, muito do sal aqui obtido era utilizado na salga do bacalhau, nos navios bacalhoeiros que saíam de Aveiro e Ílhavo. Actualmente, esta faina parece condenada e talvez venha a ser aproveitada, também, para fins exclusivamente turísticos. Repare como os homens fazem circular a água pelos talhões, utilizando uma rede de pequenas comportas de madeira. Estas águas pouco profundas são regularmente visitadas por diversas aves aquáticas, tendo sido já avistados, embora excepcionalmente, flamingos.

• De regresso ao centro da cidade, aproveite o fim de tarde para dar um passeio pelos canais, apreciando as cambiantes da coloração da ria à medida que o sol vai descendo. À hora de jantar, prove um dos deliciosos pratos de peixe, como, por exemplo, o “festival de peixe”, no restaurante A Nossa Casa, na Rua do Gravito (contacto: 234 42 92 36): uma harmoniosa combinação de peixe e marisco em cataplana, de comer e chorar por mais!

Comentários

Comentários