N4.PRA1371D

Praia da Adraga

Regressando a Sintra, siga em direcção a Colares, por uma estrada que atravessa uma paisagem verdejante muito agradável. No centro de Colares, há um recanto atractivo junto à ponte sobre o rio, com alguns restaurantes e um bom parque infantil, onde poderá fazer uma pequena paragem. Depois, continue na direcção do Cabo da Roca e Almoqageme. Pouco depois, vire à direita para Almoçageme e, já na localidade, à esquerda, para a Praia da Adraga. No fim da estrada, encontrará um bom parque de estacionamento. A praia é constituída por um extenso areal, encaixado entre altas falésias. Num dos lados da praia, existe um arco formado pelas rochas, por onde passa o mar na preia-mar. Antes do arco, há uma fenda oblíqua, por onde cabe, à justa, o corpo de um homem. Se gosta de “emoções fortes”, siga por aí, adaptando o seu corpo de modo a poder progredir através das saliências da rocha. Irá ter a uma espécie de caverna aberta para o exterior, do lado do mar. É uma pequena aventura que poderá ser empreendida por toda a família, pois não envolve qualquer perigo, desde que ninguém sofra de claustrofobia. Também se pode visitar a caverna contornando o arco de pedra durante a baixa-mar.
Na encosta sobranceira ao parque de estacionamento, existe um caminho, assinalado por uma tabuleta, que também dá acesso a umas grutas interessantes. Contudo, o caminho é perigoso e impróprio para adultos que sofram de vertigens ou crianças. Grande parte do trajecto faz-se por um carreiro, onde mal assentam os pés, sobre um abismo de várias dezenas de metros.

Comentários

Comentários