praia_norte

Praia Norte

Saia da cidade, tomando mais uma vez a direcção de Valença e vire à esquerda quando vir indicado Praia Norte. Depois de atravessar uma planície de terrenos de cultura, encontrará uma praia ampla, com um vasto areal e algumas zonas de banhos bem defendidas do mar por meio de paredões naturais delimitados pelas rochas. Essas zonas são óptimas para as crianças, pois aí as águas são tranquilas e pouco profundas. Alguns passadiços em cimento permitem aceder, com comodidade, aos melhores locais.

• Um dos melhores locais para deixar as crianças brincarem à vontade encontra-se na pequena baía, junto ao “castelo velho”, no extremo norte da praia. Apesar de, nessa zona, a areia ser um pouco mais grossa, há diversas poças pouco profundas onde a água, aquecida pelo Sol, fica tépida e agradável até para os miúdos mais friorentos. Algumas albergam pequenos animais de espécies diversas, que também constituem um bom entretenimento.

• A praia dispõe ainda de um bom parque de estacionamento e de diversos bares e restaurantes. Quem não gostar muito de praia pode aproveitar para dar um agradável passeio na zona marginal, que se encontra bem arranjada e está equipada com diversos bancos, de onde se pode apreciar confortavelmente o mar. Por sua vez, os que dispõem de bicicleta encontrarão diversos trilhos convidativos, quase todos sem a mínima inclinação.

• Depois, continue pela estrada de terra batida que acompanha a orla marítima. O piso é irregular, mas pode ser utilizado por qualquer automóvel, desde que se vá devagar. A estrada passa por diversas praias pequenas, umas de areia, outras de calhaus rolados, com recantos muito agradáveis que podem ser uma boa opção para quem goste de um pouco mais de privacidade. Este percurso costeiro também lhe permitirá apreciar alguns moinhos típicos da região.

• Após contornar pela direita um campo de futebol, atravesse uma ponte que passa por um ribeiro e estacione. Aproveite para reparar na enorme quantidade de aves marinhas que costumam vir aqui matar a sede e tomar um banho de água doce, para se libertarem do salitre que se acumula sobre as penas.

621677

Em Viana

Sugerimos que inicie a manhã com uma visita ao Parque da Cidade, junto à Praça de Touros, na zona ribeirinha. Aí encontrará um parque de merendas, um circuito de manutenção, serviços sanitários, etc.
Depois, siga a pé, pela beira-rio, até ao centro, aproveitando para apreciar a Ponte de Viana, perto da marina, construída por Gustave Eiffel e inaugurada em 1878. Continuando caminho, suba à Praça da República e conceda algum tempo ao elegante Chafariz que a ornamenta, executado, em 1554, pelo célebre mestre João Lopes.
No caso (pouco provável) de ainda não ter tomado o pequeno-almoço ou de lhe apetecer um simples café, sugerimos uma visita à Pastelaria Dantas, que não fica longe da Praça da República, mais concretamente no gaveto da Rua Manuel Espregueira com a Rua de Olivença. O edifício em que se encontra é o exemplo mais representativo de Art Déco da cidade. Depois, siga para o Largo de São Domingos, que também fica ali próximo, e visite o Museu Municipal.

040-bis

Igreja Matriz

Um pouco abaixo, depois de passar pelo Posto de Turismo (à esquerda), encontra-se a lindíssima Igreja Matriz, um templo de estilo gótico cuja construção foi iniciada nos finais do século XV e se prolongou por mais de sessenta anos. No interior, aprecie o retábulo do Santíssimo Sacramento, onde se encontram as imagens dos Doze Apóstolos.

IMG_01101

Miradouro da Fraga

Depois, volte ao automóvel e siga as indicações Vilarelho e Miradouro da Fraga. Desta vez, sugerimos mesmo que não deixe de lá ir para apreciar a paisagem. É que não se trata de mais um miradouro: este é o miradouro deste canto de Portugal. A paisagem estende-se por todo o estuário do Rio Minho e costa espanhola adjacente. Uma visão vertiginosa!

Farol de Montedor (4)

Farol de Montedor

Voltando à EN 13, retome o sentido de Caminha. Quando vir indicado Farol de Montedor, vire à esquerda. Este farol, muito bem situado, encontra-se agora “ameaçado” pela vizinhança das antenas de telecomunicações, que se encontram demasiado próximas da torre. Oficialmente, não há visitas ao farol. Mas, na prática, um pedido feito com bons modos é quase sempre bem acolhido, embora só da parte da tarde. Assim, além de poder desfrutar de uma vista panorâmica sem rival sobre os arredores, ainda beneficiará de uma explicação sumária sobre a sinalização da costa. Mas é sempre prudente telefonar antes de aparecer (contacto: 258 835 167). Além disso, como não existem visitas oficiais, também não há um preço oficial para a visita. Na prática, fica ao critério de cada um.