Queda-de-agua-de-Galegos-da-Serra-Parque-do-Alvao

Parque Natural do Alvão

Saia da cidade, tomando a direcção de Ferreiros, Lordelo e Borbela. Alguns quilómetros adiante, começarão a surgir indicações para Lamas de Olo e Parque Natural do Alvão. Passando Borbela, entrará numa magnífica paisagem, de serrania a perder de vista.

• À saída de Relva, passará por um pinhal denso, do lado direito da estrada. Repare na forma de aproveitamento da resina: antigamente, recolhia-se em potes de barro; hoje, utilizam-se sacos de plástico, devido à necessidade de reduzir custos.

• Durante a subida para a serra, não desdenhe a paisagem, que varia da ampla panorâmica serrana a um pequeno bosque sombrio ou a um retorcido regato. E, se viajar durante a Primavera, terá o privilégio de assistir ao inesquecível espectáculo dos campos revestidos de vários tons de verde, salpicados do amarelo da carqueja e da giesta-das-vassouras, do avermelhado das urzes e do branco das giestas-brancas.

• Ao fim de cerca de 12 quilómetros, passará pelo café-restaurante A Cabana, com o seu telhado de colmo. Ao lado encontra-se um bosque denso, onde sabe bem parar um pouco durante as horas mais quentes do dia; em volta, pastam vacas da raça barrosã, típica desta região. É a altura ideal para inspirar calmamente um pouco de ar campestre…

• Cerca de um quilómetro depois, surge, subitamente, uma barragem do lado esquerdo da estrada: trata-se da Barragem Cimeira. A paisagem que envolve este grande corpo de água situado em pleno planalto é extraordinária. No entanto, a lagoa está vedada em todo o perímetro e não é permitido tomar banho.

• Passadas algumas centenas de metros, verá outra barragem (a Barragem Fundeira), um pouco mais pequena, mas não menos bonita que a primeira. Nessa altura, estacione à beira da estrada ou, então, volte para a esquerda quando vir uma estradinha de terra batida, que vai até perto da água. Aqui já se pode tomar banho, enquanto se desfruta de um panorama igualmente extraordinário. Também poderá fazer um pequeno passeio, ao longo de todo o perímetro da barragem. E, se lhe agradar a ideia, não hesite em alargar a caminhada até à primeira barragem. Encontrará vários pequenos lagos e morros pedregosos que se escalam facilmente e lhe permitirão aceder a novos pontos de vista. O caminho é fácil, sempre plano, e tem uma extensão total de cerca de 3 quilómetros.

• Continue caminho pela mesma estrada. Quando vir, do lado direito, um painel do Parque Natural do Alvão, estacione e aproveite para ler as informações sobre esta zona protegida e respectiva sinalética. Uns 20 metros abaixo, uma tabuleta indica Panorama. Siga o trilho. Quando tiver andado cerca de 50 metros, encontrará um miradouro, de onde poderá observar a excelente paisagem circundante, e um novo painel interpretativo, onde figuram algumas das espécies de fauna e flora da região.

Cascata

Percurso em Vieira do Minho

Este percurso tem como ponto de referência Vieira do Minho, uma vila antiga e rica em tradições, protegida pela Serra da Cabreira.
Depois, o itinerário vai-se desenvolvendo pela zona leste do Parque Nacional da Peneda-Gerês, onde ainda se podem encontrar alguns dos mais belos cenários naturais do país e encantadoras aldeias históricas. Aqui, vale a pena deixar o tempo correr…

3227182

Barragem do Peneireiro

Regressando à vila, procure, no lado oposto ao morro do miradouro, as indicações Parque de Merendas e Barragem do Peneireiro.

• A albufeira do Peneireiro está inserida numa agradável paisagem florestal e pode ser contornada por uma estrada florestal em bom estado que passa não muito longe da água. No entanto, é proibido nadar, andar de barco e pescar neste local. Ali próximo existe uma mata cerrada, com um excelente parque de merendas, muito bem equipado. Para encanto dos visitantes, também foi aí instalado um cercado com gamos, que aparentam estar de óptima saúde, bem como algumas gaiolas com aves.

• Se gosta de fazer exercício físico ao ar livre, também dispõe de um bom circuito de manutenção, bem sinalizado. Por sua vez, a estrada à volta da barragem é óptima para fazer uma corrida ou para um longo passeio de bicicleta.

9660_ori_vila_nova_de_gaia

Vila Nova de Gaia

Saindo do Europarque, siga em direcção à autoestrada Porto-Lisboa e tome a direcção Porto. Depois da portagem de Gaia (a última), siga pelo IP1/Ponte do Freixo. Na primeira saída, onde estão as placas indicando Castelo de Paiva e Avintes, siga nessa direcção. Entrará na EN 222. Não demorarão a aparecer os primeiros cartazes sobre o Parque Biológico de Gaia. A partir daí, basta que esteja atento a esses cartazes e siga as instruções.

vol_mosteiro_tibaes_584px

Mosteiro de São Martinho de Tibães

A igreja deste mosteiro é justamente considerada um dos marcos da arte barroca em Portugal. Por isso, a visita a este templo é altamente recomendável. Quanto aos restantes espaços do mosteiro, igualmente imponentes, estão actualmente sujeitos a uma profunda intervenção, após um abandono de longos anos. Além da igreja, apenas é possível visitar uma sala de exposições temporárias. Mas pensamos que, mesmo assim, não se arrependerá de passar por este local, destinado a tornar-se, num futuro próximo, um importante centro de difusão cultural no norte do país.

Local: Lugar do Convento, Mire de Tibães.
Contacto: 253 62 26 70 / 62 39 50.
Horário, terça a domingo, das 10.00 h às 12.30 h e das 14.00 às 17.30 h. As visitas são guiadas.