20131021164230_428922_297276986988847_493526225_n[2]

Ourique

Siga depois para Ourique, voltando ao cruzamento com o IC1 e virando à esquerda. Ao chegar à vila, caso deseje ir ao Posto de Turismo (contacto: 286 51 25 00), vire logo na rotunda, à direita. Chegará a um espaço ajardinado – o Jardim da Nora. Depois, passando pelo parque de estacionamento, em frente à escola, vire na primeira rua à esquerda, em direcção ao miradouro (não está indicado). No final da subida, siga na direcção inversa às placas Miradouro e Igreja. Depois, vire logo à esquerda, e encontrará um parque de estacionamento. Deixe aí o carro e suba em direcção ao Miradouro Ramiro Sobral, também conhecido como Miradouro do Castelo.

• O miradouro fica no local onde estaria anteriormente o castelo muçulmano de Orik, edificado no ano de 711. Uma placa refere esse facto, enquanto outra assinala a polémica sobre o sítio onde terá verdadeiramente decorrido a célebre Batalha de Ourique. O jardim do miradouro é muito acolhedor e inclui um pequeno parque infantil, bem como uma estátua de D. Afonso Henriques. Do alto do depósito de água, erguido no meio do jardim, a vista é espectacular, mas, ao pôr do Sol, o melhor é deixar-se ficar junto ao parapeito do miradouro, rodeado de heras e buganvílias, enquanto saboreia a calma do entardecer…

• Desça do miradouro pela zona em frente à estátua do nosso primeiro rei e siga por uma pequena escadaria em frente. Ao fundo, à esquerda, fica a bonita Igreja de Santo António, matriz da vila, construída no séc. XVII. A seguir, dirija-se à Torre do Relógio, onde encontrará também uma estátua de D. Dinis. Depois, experimente deambular um pouco pela vila, pois esta, apesar de não ser muito “turística”, não deixa de ser simpática e acolhedora.

Comentários

Comentários