http://www.dreamstime.com/-image16232550

Marinhas do Sal

Pegue no carro e saia de Rio Maior pela Avenida Paulo VI. Cedo encontrará a indicação Marinhas do Sal, que distam apenas uns 3 quilómetros do centro da cidade. Chegando ao local, observe como as salinas estão divididas em vários compartimentos, a que se dá o nome de talhos. Repare, junto ao poço, nas picotas, que serviam para extrair a água, e no pormenor das fechaduras de madeira das casas, já que esse era, praticamente, o único material imune ao poder corrosivo do sal. O simples facto de se tratar de uma salina no meio da serra valeria, por si só, a visita. Sugerimos que saia do carro, aprecie tudo com atenção e, se tiver oportunidade, pergunte tudo o que quiser saber ao Sr. João Martins Dias, um homem com mais de 80 anos que trabalhou nas salinas toda a vida e é, hoje, quem mais se preocupa com o destino desta pequena maravilha.

Comentários

Comentários