serra_da_lousa_sa1

Lousã

Se é dos que gostam de pôr à prova as suas capacidades, propomos que comece este percurso levantando-se bem cedo e saindo da Lousã na direcção de Senhora da Piedade e castelo. Estacione junto ao castelo e desça a pé até ao rio. Encontrará uma excelente praia fluvial, junto de um açude. Se nada bem, aceite então um desafio: experimente dar um mergulho matinal na água gelada da montanha! Passados alguns momentos de “choque”, devido à necessidade da normal adaptação física, há-de concordar que a sensação de bem-estar é indescritível. Mas os “menos ousados” também poderão começar da melhor maneira esta manhã, subindo um pouco pelas margens do rio e partindo à descoberta dos muitos recantos atractivos que aquelas escondem.

• Com as energias completamente revigoradas, regresse à Lousã e aproveite para tomar um merecido pequeno-almoço no tradicional Café Central ou num dos estabelecimentos mais modernos (alguns dispõem de esplanadas muito agradáveis) que encontrará sem grande dificuldade. Não se esqueça de provar os Serranitos, uns bolinhos à base de mel e castanhas, que são uma especialidade local.

• Parta depois para um passeio pela parte velha da vila. Repare na beleza de alguns edifícios, que denunciam uma certa prosperidade de outras épocas, alimentada, sobretudo, pela indústria do papel. Aprecie a confusão matinal do mercado, onde poderá aproveitar para comprar mantimentos, já que o percurso promete ser longo e haverá, com certeza, diversos locais propícios para um piquenique. Finalmente, desfrute da frescura do jardim que fica em frente à Câmara Municipal, enquanto espera pela hora de abertura do Museu Professor Álvaro Viana de Lemos. Daí, atente no curioso enquadramento da vila, com a enorme montanha que se eleva, quase ameaçadora, sobre os telhados do casario.

Comentários

Comentários