Lagoa_Funda_02_-_Aores

Lagoa do Fogo

Depois de passar a Central Geotérmica da Ribeira Grande, onde é feito o aproveitamento desta fonte de energia natural e renovável, a vegetação luxuriante vai dando lugar aos musgos e ervas rasteiras, características das regiões mais elevadas. No topo, encontrará um miradouro, à esquerda, de onde se vislumbra, normalmente através das nuvens baixas, a paisagem magnífica da Lagoa do Fogo.

• A única estrada de acesso por automóvel é particular e as autorizações para aí circular são muito raras. No entanto, poderá fazer uma caminhada desde o miradouro até à lagoa, através de um trilho sinuoso, mas fácil de percorrer. Depois de uma descida de cerca de 20 minutos, aproveite para explorar os caminhos junto à água, rodeado por uma paisagem bucólica. Os peixes que ocasionalmente perturbam o espelho de água são trutas, aí introduzidas juntamente com borda los trazidos do continente. Junte-se a eles num refrescante mergulho, para libertar definitivamente o corpo do cheiro a enxofre.

• Regresse calmamente a Ponta Delgada, aproveitando todos os miradouros para saborear uma última perspectiva desta ilha lindíssima, sob a luz do sol poente. Já na cidade, poderá fazer um passeio nocturno à beira-mar. Se, entretanto, ouvir uns ruídos irreais, semelhantes ao miar de um gato, sossegue: trata-se apenas do som emitido por uma ave muito vulgar nas ilhas, o cagarro (uma espécie de gaivota).

Comentários

Comentários