12226184

Judiaria de Castelo de Vide

Comece por explorar o antigo bairro judeu a pé, descendo primeiro até à Fonte da Vila, que é a mais antiga, datando provavelmente do séc. XVI, e onde figuram as armas de Portugal e de Castelo de Vide. É aqui que vêm confluir as ruas íngremes da judiaria. No Largo da Fonte, encontrará também uma pequena loja de artesanato e artes plásticas.

• Suba a Rua da Fonte, prestando atenção à arquitectura dos edifícios, que se encontram ainda bem preservados, sobretudo as portas em arco ogival, algumas com mais de 500 anos. Aliás, a vila apresenta o conjunto mais importante de portas ogivais do país!

• Consta que foi para esta zona da cidade, voltada para nascente, que os judeus foram remetidos, enquanto o burgo medieval se encontrava protegido pelas muralhas do castelo. Crê-se que a sua presença na zona remonte, pelo menos, ao séc. XV. Um dos vestígios mais importantes da passagem dos judeus por esta área é a sinagoga medieval, situada na Rua da Judiaria, que irá encontrar à direita, ao subir a Rua da Fonte. Trata-se de um edifício de pequenas dimensões, bem conservado, com duas portas ogivais, e duas divisões distintas (provavelmente uma para os homens e outra para as mulheres). No seu interior, para além de um altar, encontrará alguma informação sobre a sinagoga, a judiaria e o modo de vida dos judeus de Vide.

Comentários

Comentários