grutas de são Vicente

Grutas de São Vicente

As grutas encontram-se bem indicadas, já perto de São Vicente. Perto da entrada existe um bar, com uma agradável esplanada e lojas de recordações. O complexo inclui também um pequeno espaço museológico, onde são realizadas regularmente exposições temporárias. Toda a zona que precede a entrada das grutas está ocupada por um bonito jardim, muito bem cuidado.

• A visita às grutas faz-se através de um percurso com cerca de 700 metros e dura, em média, 25 minutos. Os visitantes são acompanhados por um guia, que vai dando algumas explicações acerca das várias formações geológicas visíveis. Os espaços visitáveis são constituídos por seis ou sete túneis, que foram artificialmente ligados, em alguns locais, para facilitar o circuito da visita. Uma das galerias tem cerca de 6 metros de altura!

• Estas grutas tiveram a sua origem na lava expelida, há cerca de 400 milhões de anos, pelos últimos vulcões activos da ilha, e que escorreu desde o Paul da Serra. Com o arrefecimento do magma, os canais solidificaram e formaram galerias húmidas, onde ressoa a água que corre no interior da serra e se acumula, aqui e ali, em pequenos lagos pouco profundos, repletos de moedas atiradas pelos turistas. No tecto de algumas galerias, vêem-se formações com o aspecto de estalactites negras, formadas por pingos de lava quente que, tal como os pingos de cera de uma vela, solidificaram ao arrefecer. No entanto, em alguns recantos existem também pequenas estalactites calcárias esbranquiçadas, sob o cimento projectado no tecto para consolidar localmente a estrutura das galerias.

Local: Sítio do Pé do Passo, São Vicente.
Contacto: 291 84 24 04.
Horário: todos os dias, das 09.00 h às 19.00 h. Primeira entrada às 10.00 h e última às 18.30 h.

Comentários

Comentários