8301974

Ferreira do Alentejo

Quem chega pela entrada oeste de Ferreira do Alentejo vê, em primeiro lugar, um curioso templo, tipicamente alentejano, caiado de branco e debruado a azul. É a Igreja de Nossa Senhora da Conceição, construída em meados do séc. XVII. Lá dentro, encontra-se um painel de azulejos da mesma época, considerado único em toda a Península Ibérica. Infelizmente, não pode ser admirado pelos visitantes, já que, por falta de pessoal, não há quem venha abrir a porta. Terá assim de se contentar com a fachada.
O cruzeiro que se encontra em frente ao templo data de 1940, marcando os centenários da fundação de Portugal e da Restauração.

• Continuando pela Avenida Gago Coutinho e Sacadura Cabral, chegará a um cruzamento, onde se encontra o ex libris da vila e, provavelmente, também o monumento mais estranho: a Capela do Calvário ou de Santa Maria Madalena, talvez mais conhecido como Igreja das Pedras. Este pequeno edifício, de planta circular e abóbada em cúpula, rematada por um lanternim, foi inicialmente construído a sul da vila, na Rua do Calvário. Só no séc. XIX foi trazido para a localização actual. As dezenas de pedras que cravejam as paredes exteriores simbolizam as que foram atiradas a Cristo no caminho para o Calvário.

• A partir daqui, poderá percorrer as ruelas estreitas da vila, admirando as casinhas tipicamente alentejanas. Na Praça Comendador Infante Passanha, repare nos belos edifícios que aí se encontram, como o da câmara municipal ou o da sociedade recreativa. Na Rua da República, em frente, observe as fachadas de estilo Arte Nova. Aí próximo, encontra-se a Igreja Matriz, que data de 1320, embora as constantes reformas não deixem transparecer a sua antiguidade.

Comentários

Comentários