Fernao_Vaz_1-100820-0029

Fernão Vaz

A caminho do Castro da Cola, repare num desvio, à esquerda, para a aldeia de Fernão Vaz. Siga por aí, pois achamos que vale a pena conhecê-la, apesar de não ter nada de extraordinário: apenas algumas casas com chaminés típicas da região, palheiros, utensílios agrícolas e, muito provavelmente, galinhas e patos no meio da estrada. Mas é exactamente por isso que achamos que vale a pena. Por outro lado, mais ou menos a meio da aldeia, verá a indicação Anta. Não muito longe (a partir de determinada altura, terá de ir a pé), encontrará um monumento funerário do III milénio a.C, destinado a enterros colectivos.

Comentários

Comentários