Locomotiva Entroncamento

Entroncamento

Siga na direcção do Entroncamento pela estrada principal. Poderá, eventualmente, entrar em Tancos e descer à zona ribeirinha, onde se encontram um agradável jardim e alguns bares. Em frente, fica o Arripiado, por onde passou anteriormente. Regressando à estrada principal, passará, pouco depois, por Vila Nova da Barquinha.

Nesta localidade, temos uma sugestão um pouco diferente: uma visita ao Museu Etnográfico Bar 21 que, como o nome indica, é um bar pitoresco, decorado à moda antiga. Para lá chegar, é necessário virar à esquerda à entrada da Barquinha, junto ao restaurante A Palmeira, e seguir a indicação Centro. O bar fica na Rua Marechal Carmona, n.° 21, depois da igreja e do edifício dos boinas verdes, e é facilmente reconhecível pela fachada, decorada com um santo e peixes de barro. Está aberto a partir das 20.30 h.

• O traçado do nosso percurso continua até ao Entroncamento, cidade que se orgulha da sua tradição ferroviária, já que foi o caminho-de-ferro que esteve na sua origem. Considerada um autêntico museu vivo do comboio, verá que por toda a cidade se encontram vestígios desta actividade, desde os bairros dos antigos trabalhadores ferroviários aos jardins enfeitados por antigas locomotivas a vapor.

• Ao entrar na cidade, seguindo para a direita e virando, novamente, à direita, encontrará um espaço verde em estado razoável, o Parque Dr. José Pereira Caldas, com uma torre-miradouro e um curioso coreto, com um pequeno retiro, adornado por uma fonte, escondido na base.

Comentários

Comentários