Em Coimbra

Durante a manhã, aproveite para dar um passeio pelo Parque Dr. Manuel Braga, um magnífico espaço verde ribeirinho, perto da Ponte de Santa Clara. Nesta zona, há também um cais, a partir do qual poderá embarcar para um agradável passeio fluvial (contacto: Basófias, 239 82 68 15, 96 604 06 95. A travessia não se realiza às segundas, a não ser que seja feriado).

Depois, vá em direcção ao centro, pelo Largo da Portagem e pela Rua Ferreira Borges. Passará junto ao Arco de Almedina, à direita, que dá acesso à parte alta da cidade. Adiante, na Praça 8 de Maio, talvez possa aproveitar para tomar um café, na esplanada do lindíssimo Café de Santa Cruz, enquanto aprecia o elegante tecto em abóbada deste estabelecimento antigo. Antes de prosseguir caminho, não deixe de fazer uma visita à Igreja de Santa Cruz, ali mesmo ao lado.

• Dirija-se então à parte alta da cidade, passando agora pelo Arco de Almedina e continuando pela Rua do Quebra-Costas, que segue até à Sé Velha. Construída no século XII, o aspecto que hoje apresenta resulta das várias alterações sofridas ao longo dos anos. Possui elementos característicos de múltiplos estilos arquitectónicos, embora o românico predomine. Chamamos especialmente a sua atenção para as enormes dimensões dos arcos da nave principal, para o fausto do altar e para a beleza do claustro gótico.

• Continuando pelas ruelas da zona antiga, chegará às instalações da Universidade de Coimbra, onde poderá visitar o Pátio das Escolas e a sua elegante torre barroca, um dos monumentos mais emblemáticos da cidade dos estudantes. Ao lado, na Praça da Porta Férrea, encontra-se a magnífica Biblioteca Joanina, com o seu portal barroco e estantes em madeiras exóticas.

Local: Praça da Porta Férrea.
Contacto: 239 85 98 41 (Biblioteca).
Horário: de 1 de Outubro a 15 de Março, das 10.00 h às 17.30 h; de 16 de Março a 30 de Setembro, das 09.00 às 19.30 h.

Comentários

Comentários