Dornelas

Depois, saia de Lamas de Olo, tomando a direcção de Anta e Ribeira da Pena. À saída, repare ainda na antiga ponte e no açude, à esquerda, onde apetece descansar ao som do marulhar da água corrente.

• Passados alguns quilómetros, volte para a direita quando vir indicado Dornelas. À entrada da aldeia, atente bem no cruzeiro, à esquerda, que se encontra coberto de líquenes. Os líquenes resultam da associação de algas e fungos. Como são muito sensíveis à poluição atmosférica, a sua presença é considerada um bom indicador da pureza do ar. Não se coíba, portanto, de encher bem os pulmões deste puro ar serrano!

• A visita a Dornelas vale a pena, sobretudo, pela grande quantidade de casas que ainda ostentam a traça tradicional e pela magnífica paisagem do vale. No entanto, a população já é muito reduzida e o facto de ser composta, essencialmente, por pessoas muito idosas parece indicar que estará votada ao abandono dentro de poucos anos.

Comentários

Comentários