grutaescourala

Conjunto Arqueológico do Escoural

Regresse à estrada de alcatrão, virando à direita no sentido de Santiago do Escoural. Se é um apreciador de arqueologia, não deixe de visitar o Conjunto Arqueológico do Escoural. Ainda em Santiago do Escoural, comece por fazer uma visita ao centro de interpretação, recentemente criado, que fica na rua principal da povoação. Aqui poderá encontrar alguma informação sobre a ocupação da gruta e dos terrenos adjacentes, bem como parte dos artefactos encontrados durante as escavações.

Local: Rua Dr. Magalhães de Lima, n.° 48, Santiago do Escoural.
Contacto: 266 85 70 00.
Horário: das 09.00 h às 12.00 h e das 13.30 h às 17.00 h. Encerra aos feriados principais.

• Para chegar à gruta, basta seguir as placas indicativas. Esta foi utilizada inicialmente, há 50 000 anos, como abrigo e, mais tarde, durante o Neolítico, como cemitério. Apesar da importância arqueológica de toda a área circundante, onde foram encontrados vestígios de ocupação até à Idade do Ferro, apenas a gruta pode ser visitada. No interior da galeria, poderá apreciar as primeiras gravuras rupestres encontradas em Portugal, representando sobretudo animais (em especial equídeos e bovídeos), mas também algumas figuras abstractas de interpretação complexa – pensa-se que estarão relacionadas com algum ritual religioso ou mágico.

Para além do aspecto arqueológico, os apreciadores de espeleologia poderão também observar as formações rochosas, as estalactites e estalagmites e os veios deixados pelo escorrer da água.

Local: EN 370, a 2 quilómetros de Santiago do Escoural.
Horário: das 09.00 h às 12.00 h e das 13.30 às 17.00 h. Encerra aos feriados principais.

Comentários

Comentários