500x500

Cidadela e castelo

Continue pelas ruas Combatentes da Grande Guerra e Trindade Coelho, até chegar à zona do castelo, cuja entrada é guardada por uma imponente estátua de D. Fernando.

• Depois, comece por espreitar as ruelas da Cidadela, o núcleo urbano mais antigo da cidade. Aí encontrará à venda diversos produtos manufacturados na região, nomeadamente cestaria, trabalhos de cobre e linhos.

• Mais acima, encontra-se o Convento-lgreja de São Francisco, fundado no século XII, para o estabelecimento da ordem mendicante com o mesmo nome. A tradição afirma que à edificação da igreja teria assistido o próprio São Francisco de Assis, que estaria de passagem pela região após uma peregrinação a Santiago de Compostela. A bonita fachada maneirista data de 1635.

• Por detrás do convento, poderá visitar (veja o horário, a seguir ao texto correspondente à Torre de Menagem) um dos edifícios mais curiosos de Bragança: a Domus Municipalis (ou Casa d’Água). É um monumento verdadeiramente singular, e ainda um pouco enigmático, de arquitectura românica civil (séc. XIII).
Não existe outro igual na Península Ibérica. A parte superior do edifício terá sido utilizada, a partir do séc. XVI, para as reuniões dos homens-bons (representantes da população do concelho e por ela eleitos); no rés-do-chão, existe uma cisterna de formato rectangular.

• Não muito longe, meio escondido pela fronde de uma árvore, encontra-se o Pelourinho de Bragança, que apresenta uma combinação de elementos de origem pré-histórica, romana e medieval. A base representa um berrão, ou porca, sendo por isso este monumento também designado como “Porca da Vila”.

• Finalmente, a Torre de Menagem do Castelo, que alberga o Museu Militar de Bragança. O museu apresenta armas, pinturas, mobiliário e muitos outros artigos militares expostos pelos vários andares da torre. Proporciona uma boa panorâmica desta temática, desde a época pré-histórica até ao armamento usado e capturado durante a Guerra Colonial. Chamamos a sua atenção para um magnífico diorama sobre o ambiente de uma trincheira da I Guerra Mundial.
Percorrida a última sala, poderá subir, por uma escada de madeira, ao eirado da Torre, de onde terá uma magnífica perspectiva da cidade e arredores.

Local: Torre de Menagem do Castelo de Bragança.
Contacto: 273 322 378.
Horário (museu e Domus Municipalis): de segunda a quarta e de sexta a domingo, das 09.00 h às 12.00 h e das 14.00 h às 17.00 h. Fecha à quinta e feriados nacionais.

Comentários

Comentários