Walk-Queimadas-Cadeirao-Verde-Santana-02

Caldeirão Verde

Este percurso pedestre, com cerca de 10 quilómetros de extensão, é efectuado essencialmente pela vereda que acompanha a levada, e exige apenas que esteja habituado a andar no campo, não envolvendo perigo de maior. Leve consigo um farnel, um impermeável, umas boas botas e uma lanterna de bolso.

• Logo no início da caminhada, ao sair do Parque das Queimadas, aprecie, abaixo da levada, o bosque de criptomérias, de faias e de cedros da Madeira. Depois de passar o primeiro túnel, aparece outro com cerca de 200 metros de comprimento. Atravesse-o também, ignorando a vereda com a indicação Vale da Lapa. O terceiro túnel tem uma janela escavada a meio, é baixo e tem o piso quase sempre molhado, pelo que deverá atravessá-lo com cuidado, para não escorregar.

• Depois de passar o quarto túnel, estará apenas a cerca de um quilómetro do Caldeirão Verde. Vá com atenção, já que este não se vê a partir da levada e, muitas vezes, a placa indicadora desaparece. O Caldeirão fica à esquerda da levada e, para lá chegar, é preciso subir algumas dezenas de metros pelo leito do ribeiro, que escoa a água que transborda deste lago natural. A cratera é constituída por uma elevada escarpa de forma hemicilíndrica, revestida de vegetação luxuriante, de onde se precipita uma cascata com cerca de cem metros de altura. Em baixo, formou-se um lago natural, onde apetece mesmo dar um mergulho.

Comentários

Comentários