AÇORES 4

Café Sport/Bar do Peter e Museu do Scrimshaw

Se imaginou que ia encontrar um espaço inventado e fabricado à la carte, como acontece nos centros comerciais, desengane-se. Aqui, tudo tem anos de história! A casa já existe desde 1901, embora só a partir de 1918 tenha adquirido o nome actual, quando Henrique Azevedo comprou a loja ao lado da do seu pai, juntando ambas no mesmo estabelecimento. Na altura, a fachada foi pintada com latas de tinta oferecidas por um barco holandês, que estava atracado na doca, e assim ficou, até hoje, do mesmo tom de azul.

• A história do duplo nome por que este café é conhecido resume-se em algumas linhas: certo dia, um capitão inglês, que passou pelo Faial por altura da Grande Guerra, achou que José Azevedo, filho de Henrique e então ainda uma criança, se parecia muito com o seu filho e passou a chamar-lhe Peter. A partir daí, o café ficou conhecido como Bar do Peter e chegou a adquirir fama internacional, em boa parte devido à propalada qualidade do seu gin tónico, muito procurado pelos marinheiros de garganta ressequida. Durante dezenas de anos, o Café Sport tem sido o ponto de encontro de milhares de marinheiros, que acostam nesta pequena ilha açoriana no decurso das suas travessias do Oceano Atlântico. O Peter serve inclusivamente de “posta restante”, onde, na falta de serviços de correio entre embarcações, é depositada a correspondência.

• Ainda no café, preste atenção a uma porta, que se encontra junto a um pequeno balcão de venda de artesanato em osso e dente de cachalote. É por aí que se sobe ao Museu do Scrimshaw, instalado no primeiro andar. O scrimshaw é a arte de gravar, em ossos e dentes de cachalote, desenhos mais ou menos artísticos, que retratam, geralmente, cenas baleeiras ou da faina marítima. Este ofício teve a sua origem nos barcos baleeiros, onde servia de entretenimento para passar o tempo durante as longas viagens. Além de uma colecção magnífica de dentes gravados, também encontrará neste museu diversas miniaturas de barcos e outros objectos ligados ao mar, feitos de osso de cachalote.

Local: Rua Tenente Valadim, n.° 9.
Contacto: 292 29 23 27.
Horário: das 09.00 h às 12.00 h e das 14.00 h às 17.00 h. Encerra ao domingo.

Comentários

Comentários