IMG_9878

Açude do Boque

Volte à aldeia e vire para a direita, na direcção de Serpins. Perto de um pequeno alargamento da berma, onde existe um muro do lado direito, repare no portão de ferro da antiga Fábrica de Papel do Boque. A estrada faz uma bifurcação nesse ponto. Siga pela via da direita, que desce, e, depois, de passar uma ponte sobre o rio, vire logo à direita, continuando pelo caminho de terra batida. Cerca de 50 metros adiante, encontrará outro recanto muito agradável do Rio Ceira. As águas precipitam-se num açude, caindo em cascata sobre um fundão. Algumas rochas lisas nas margens proporcionam óptimos locais para estender a toalha e apanhar um pouco de sol. Mas tenha muito cuidado ao caminhar sobre pedras submersas, porque são extremamente escorregadias e podem provocar quedas graves!

1

Museu Professor Álvaro Viana de Lemos

Este é um museu relativamente pequeno, mas que exibe um acervo bastante variado. Assim( poderá encontrar uma secção de arqueologia, com peças da Idade do Bronze e da Época Romana, e salas de arte sacra, pintura, escultura, arte oriental e indo-europeia, etc. No museu, existe ainda um espaço reservado a exposições temporárias, onde se realiza anualmente, entre Outubro e Dezembro, o Salão de Pintura Naif da Lousã/Pintura Moderna Primitiva da Lousã.

Local: Rua Dr. João Santos (ao lado da Câmara Municipal; no local, funciona também um Posto de Turismo).
Contacto: 239 99 03 76.
Horário: de segunda a sexta, das 09.00 h às 12.30 h e das 14.00 h às 17.30 h; sábado, das 10.00 h às 12.30 h e das 14.30 h às 16.30 h; domingo, das 10.30 h às 13.00 h e das 14.30 h às 16.00 h.
Preço: Gratuito

55735366

Praia Fluvial

Pouco depois, passará por Vila Nova do Ceira. A seguir, chegará a Góis, onde existe outra praia fluvial. Entre na vila e vire logo à esquerda, depois de passar pela bonita ponte de pedra. Desça até ao rio e siga pela estrada marginal. Vislumbram-se recantos lindíssimos, onde apetece dar um mergulho ou, simplesmente, ficar em silêncio na margem, ouvindo o marulhar da água e o canto das aves. No final dessa estrada, há um areal, junto a um açude, e um bom parque de merendas – o chamado Parque do Cerejal. Em Góis, aproveite ainda para visitar a Igreja Matriz, que alberga o túmulo renascentista de D. Luís da Silveira, um dos monumentos mais importantes da vila.

fmp_lal10-087

Regresso à Lousã

Saindo do Piódão, volte pela mesma estrada até chegar ao cruzamento com a indicação Arganil por Cepos. Ao passar por esta localidade, não deixe de subir ao miradouro, de onde poderá apreciar a belíssima paisagem em redor. Depois, continue na direcção de Góis, Colmeal e, finalmente, Lousã. Se ainda estiver a tempo, tente fechar este percurso com chave de ouro, fazendo uma última visita à Senhora da Piedade para aí ver o pôr do Sol.

piodao_vista

Piódão

Continue pela mesma estrada, subindo o monte e seguindo sempre em frente, em direcção a Piódão. Passará por uma paisagem serrana muito ampla. Incrustadas nas serras, vêem-se aqui e ali pequenas aldeias e lugares aparentemente perdidos no panorama imenso. Aproveite os alargamentos da via para parar um pouco e apreciar esta paisagem única. Quando começar a ter a sensação de que o passeio nunca mais acaba, chegará, finalmente, à aldeia de Piódão, com as suas casinhas de pedra e telhados de xisto. Aqui, o interior das divisões ainda é de madeira de castanho, serrada manualmente, e as cozinhas possuem chaminés profundas, com bancos junto às paredes laterais, onde as pessoas, no Inverno, se sentam a conversar. Como verá, toda a aldeia é um autêntico museu vivo, que convém visitar devagar, de modo a apreciá-la devidamente. Repare na beleza de algumas ruelas, onde o sol se reflecte na água que corre pelas levadas, e nos telhados construídos com lajes de xisto, cuidadosamente sobrepostas. No Largo Cónego Manuel Fernandes Nogueira, sobressaindo por entre as casas acastanhadas, a Igreja Matriz de Piódão (séc. XVII) merece, sem dúvida, a sua atenção – este curioso templo, de formato invulgar, parece saído de um conto de fadas! Depois, talvez possa aproveitar para comprar algumas peças de artesanato, mel e aguardente de medronho.