figueira-da-foz-by-night

Figueira da Foz

Seguindo em direcção a Alfarelos e Granja, passará por Pereira, onde existe um bom local para pescar. Siga depois por Verride, Samuel, Alqueidão e, finalmente, Figueira da Foz. Atravessará uma paisagem graciosa, dominada sobretudo por arrozais, ou não estivesse em pleno Vale do Mondego. Repare na grande quantidade de aves de rapina que daqui se avistam a caçar. Pouco antes de chegar à Figueira da Foz, passará, entre Gala e Cabedelo, por uma excelente zona balnear.

Entre na cidade, depois de atravessar as pontes (uma antiga, muito bonita, outra recente) sobre o Rio Mondego. Sugerimos que comece por fazer uma visita ao Jardim Municipal, que fica mesmo em frente à Doca de Recreio, no Passeio Infante D. Henrique. É um jardim bem cuidado, com um arvoredo denso, um bom parque infantil, um lago com patos e peixes e um viveiro de aves. Seja como for, existe, um pouco acima, outro espaço verde, bastante amplo, o Parque das Abadias. Além de óptimas zonas de lazer, este parque também possui infra-estruturas de apoio à prática desportiva.

09-PAUL-DE-ARZILA-LC-9

Reserva Natural do Paul de Arzila

Se estiver alguém na recepção, poderá obter alguma informação suplementar sobre a área protegida. Caso contrário, desça pela estrada empedrada que se encontra à esquerda, até perto de um largo, onde verá um parque de merendas e algumas noras. Atravessando a ponte, terá acesso ao paul, uma zona húmida com as margens recobertas de caniços (de coloração mais clara) e bunhos (mais escuros), ainda hoje utilizados no artesanato local para fazer esteiras.

Repare na enorme quantidade de lagostins-de-água-doce-americanos sobre o lodo. Estes pequenos crustáceos servem de alimento tanto às aves aquáticas como a algumas lontras que frequentam estas paragens. Contornando o paul, chegará a um abrigo onde, se tiver trazido binóculos, poderá observar calmamente algumas espécies de aves.

Local: Rua do Bairro, n.° 1 (Centro de Interpretação).
Contacto: 239 98 05 00.
Horário: a zona do paul está sempre acessível. Centro de Interpretação: segunda a sexta, das 09.00 h às 12.00 h e das 13.00 h às 17.00 h; ao fim-de-semana, das 09.00 às 13.00 h (no entanto, como de manhã só está presente um vigilante, é provável que este não se encontre no Centro) e das 14.00 h às 17.00 h.
Preço: gratuito.

ng2508441

Europaradise

Saia de Montemor-o-Velho, fazendo o trajecto inverso ao realizado para aí chegar. Chegando a um cruzamento, em vez de virar à direita, na direcção de Coimbra, siga primeiro em frente, para visitar o Europaradise. Trata-se de um pequeno jardim zoológico privado, onde a maioria dos animais vive em enormes recintos vedados, numa condição que se poderia chamar de semi-liberdade. Só os macacos e algumas aves estão fechados em jaulas. Também poderá ver outras espécies, como casuares, emas, veados, flamingos, cangurus, etc. Particularmente cativante, para quem se interessa por aves aquáticas, é um enorme lago, com um varandim de observação, que permite ver de muito perto algumas espécies que, em plena natureza, fugiriam ao menor ruído.

Local: Quinta da Gardoa, Montemor-o-Velho.
Contacto: 239 62 12 87.
Horário: de terça a domingo, das 10.00 h às 19.00 h. Encerra à segunda.

tanquealcabideq

Condeixa

Saia finalmente de Coimbra, tomando a EN 1 em direcção a Condeixa. Nesta vila, não deixe de visitar a Casa-Museu Fernando Namora. Na casa onde o conhecido escritor, poeta, médico e pintor viveu e no estabelecimento onde os seus pais vendiam fazendas, poderá apreciar diversos objectos pessoais, manuscritos e algumas pinturas do autor e de outros artistas.

Local: Largo Artur Barreto.
Contacto: 239 94 91 20 (Câmara Municipal de Condeixa).
Horário: de terça a sábado, das 09.00 h às 12.30 h e das 14.00 h às 17.30 h. Encerra às segundas, domingos e feriados.
Preço: gratuito.