Divor2

Barragem do Divor

Para chegar à Barragem do Divor, existem dois caminhos: um logo à entrada da povoação e outro já no meio do casario, ambos indicados com uma placa, à direita. O segundo é ligeiramente melhor. Para chegar ao local, basta ir seguindo sempre as placas.

• Depois de passar um restaurante, e antes de chegar ao paredão da barragem, encontrará, do lado esquerdo da estrada, um espaço sob as árvores, ideal para fazer um piquenique quase à beira da água, embora não disponha de qualquer equipamento de apoio.
Atravessando o paredão, encontrará mais um espaço agradável, com algum arvoredo. Embora não seja um local muito indicado para nadar, é ideal para pescar à linha ou simplesmente para descansar sobre a erva. Pode também fazer alguns passeios a pé pela aprazível zona envolvente.

• Depois desta pausa revigorante, regresse a Igrejinha, que poderá visitar, se tiver um interesse especial por pequenas povoações tipicamente alentejanas. Terminada a visita, saia pela rua principal, onde indica Azaruja. Depois, siga as indicações Estremoz e Évora-Monte.

• Ao chegar, siga a indicação Centro. Encontrará, no fim da subida, a muralha que alberga o centro histórico. Estacione do lado de fora, no parque assinalado à esquerda, e entre pela Porta do Sol ou da Vila. A zona intramuros é bastante pequena, pelo que conseguirá visitá-la em pouco tempo. O edifício de aspecto invulgar que se consegue avistar é o Paço de Évora-Monte.

Comentários

Comentários