2fa67f482133f1c934235b73c2a03954_5_XL

Babe

Continuando o percurso na direcção de Babe, repare, pouco depois, nos pombais brancos típicos desta região, em forma de ferradura. Repare também que muitas encostas, ao longo da estrada, estão quase literalmente atapetadas de rosmaninho…

• Chegando junto à povoação, siga as indicações Babe e Museu. Para visitar o museu rural é preciso pedir à D. Albertina, que mora em frente, para vir abrir a porta.
Aí encontrará uma colecção algo heterogénea de objectos de uso caseiro e agrícola, que pertencem à memória da aldeia. A D. Albertina explica, com gosto, a função de cada peça exposta. Chamamos a sua atenção para o conjunto de ferramentas utilizadas para trabalhar o linho.

• A entrada no museu é gratuita e a visita não tem um horário nem um preço fixos. No entanto, parece-nos de bom tom deixar umas moedinhas no recipiente próprio para as gorjetas e ter cuidado para que a simpática senhora não tenha de mostrar o museu fora de horas.

Comentários

Comentários