Anta de Pavia - Capela de São Dinis

Anta-Capela de São Dinis

O monumento mais interessante de Pavia é, sem dúvida, a Anta-Capela de São Dinis, uma curiosa, mas não única adaptação de uma construção megalítica ao culto cristão. O aspecto bruto da pedra foi mantido sem qualquer pintura, tendo apenas sido tapadas as brechas entre os monólitos e acrescentado o portal e a torre sineira. Além da curiosidade da adaptação do monumento, é de referir que se trata de uma das maiores antas do país. Entrar na capela é, decididamente, uma experiência quase mágica.

grutaescourala

Conjunto Arqueológico do Escoural

Regresse à estrada de alcatrão, virando à direita no sentido de Santiago do Escoural. Se é um apreciador de arqueologia, não deixe de visitar o Conjunto Arqueológico do Escoural. Ainda em Santiago do Escoural, comece por fazer uma visita ao centro de interpretação, recentemente criado, que fica na rua principal da povoação. Aqui poderá encontrar alguma informação sobre a ocupação da gruta e dos terrenos adjacentes, bem como parte dos artefactos encontrados durante as escavações.

Local: Rua Dr. Magalhães de Lima, n.° 48, Santiago do Escoural.
Contacto: 266 85 70 00.
Horário: das 09.00 h às 12.00 h e das 13.30 h às 17.00 h. Encerra aos feriados principais.

• Para chegar à gruta, basta seguir as placas indicativas. Esta foi utilizada inicialmente, há 50 000 anos, como abrigo e, mais tarde, durante o Neolítico, como cemitério. Apesar da importância arqueológica de toda a área circundante, onde foram encontrados vestígios de ocupação até à Idade do Ferro, apenas a gruta pode ser visitada. No interior da galeria, poderá apreciar as primeiras gravuras rupestres encontradas em Portugal, representando sobretudo animais (em especial equídeos e bovídeos), mas também algumas figuras abstractas de interpretação complexa – pensa-se que estarão relacionadas com algum ritual religioso ou mágico.

Para além do aspecto arqueológico, os apreciadores de espeleologia poderão também observar as formações rochosas, as estalactites e estalagmites e os veios deixados pelo escorrer da água.

Local: EN 370, a 2 quilómetros de Santiago do Escoural.
Horário: das 09.00 h às 12.00 h e das 13.30 às 17.00 h. Encerra aos feriados principais.

montemor2

Castelo de Montemor-o-Novo

Suba até ao castelo, semi-arruinado, pelo menos para percorrer o caminho de ronda e apreciar uma alargada panorâmica da urbe e dos arredores. Trata-se, como muitos outros, de uma fortaleza arrebatada aos mouros na altura da reconquista, embora se pense que tenha uma origem ainda mais remota. Da muralha, que antigamente cingia todas as construções, já pouco resta. Ainda assim, vale a pena explorar os recantos que alberga.

• Perto da Porta da Vila, ou de Santarém, encontra-se o Convento da Saudação (séc. XVI), considerado uma das obras de maior importância da cidade. Se, na altura da visita, ainda estiverem a decorrer as obras de restauro do edifício, apenas poderá visitar os claustros e apreciar a azulejaria do antigo refeitório, perto da cozinha.

• Para a esquerda do convento, localiza-se a Igreja de Santiago (séc. XIV), que parece um pequeno oásis no meio deste deserto de ruínas, com algumas árvores, bancos e mesas de pedra em frente ao adro. Sensivelmente para a direita e por detrás do convento, situam-se mais alguns edifícios arruinados, como o Paço dos Alcaides e a Igreja de Santa Maria do Bispo (mais para oeste), antiga matriz. Se não tiver chovido recentemente e a temperatura estiver agradável, poderá dar um bom passeio até perto destas ruínas.

58820588

Barragem do Ciborro

Continue o caminho para Montemor, parando apenas no Ciborro. Aqui, vire à esquerda, na rua principal, a seguir a uma série de casas brancas debruadas a azul. Ao fim da rua, vire à direita e depois na segunda rua à esquerda (Rua das Bicas). Seguirá por um caminho de terra batida, transitável por qualquer automóvel que circule devagar, até à Barragem do Ciborro.

• Antes de chegar à barragem, poderá parar para fazer um piquenique no meio do pinhal. Já junto à barragem, do lado direito, existem vários espaços onde poderá dar um mergulho (sem esquecer os cuidados que se deve ter em qualquer barragem) ou mesmo pescar.

• Atravessando o paredão, encontrará o Ski Clube do Alentejo, uma empresa privada que dá apoio a atletas que aqui pretendam realizar os treinos de esqui aquático. Se este não é o seu caso, saiba que pode também comprar algumas aulas para aprender a modalidade. A empresa oferece ainda alguns equipamentos de apoio aos alunos e seus acompanhantes, como uma pequena piscina, caiaques, balneário com casa de banho, pequena cabana de convívio, etc.

Local: Albufeira do Ciborro.
Contacto: 966 88 79 08/265 89 40 09.
Horário: todos os dias, a partir das 09.30 h, de 15 de Março até 30 de Setembro.

• Depois desta pausa refrescante – ou extenuante, conforme o caso – regresse a Montemor-o-Novo, aproveitando para recuperar a energia com um nutritivo prato de migas ou umas perninhas de rã, uma curiosidade gastronómica da cidade.