IMG_9878

Açude do Boque

Volte à aldeia e vire para a direita, na direcção de Serpins. Perto de um pequeno alargamento da berma, onde existe um muro do lado direito, repare no portão de ferro da antiga Fábrica de Papel do Boque. A estrada faz uma bifurcação nesse ponto. Siga pela via da direita, que desce, e, depois, de passar uma ponte sobre o rio, vire logo à direita, continuando pelo caminho de terra batida. Cerca de 50 metros adiante, encontrará outro recanto muito agradável do Rio Ceira. As águas precipitam-se num açude, caindo em cascata sobre um fundão. Algumas rochas lisas nas margens proporcionam óptimos locais para estender a toalha e apanhar um pouco de sol. Mas tenha muito cuidado ao caminhar sobre pedras submersas, porque são extremamente escorregadias e podem provocar quedas graves!

Comentários

Comentários